Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de agosto de 2018.

Parceria possibilita que associados tenham comércio eletrônico

COMPARTILHE:

shutterstock

Recentemente, a Ascoferj anunciou uma parceria inédita com a WebFarmas, uma startup do segmento de comércio eletrônico. Por meio do acordo, empresas associadas ganham descontos na contratação mensal da ferramenta de e-commerce, cujo diferencial é não alterar a logística atual de farmácias e drogarias que fazem entregas a domicílio.

O mercado de e-commerce tem crescido vertiginosamente. No primeiro semestre de 2017, faturou R$ 21 bilhões, uma alta de 7,5%. O número de pedidos ultrapassou, pela primeira vez, a barreira dos 50 milhões. Nesse mesmo período, 25,5 milhões de pessoas fizeram, pelo menos, uma compra no e-commerce, representando alta de 10,3%. E o mercado online de farmácias faturou R$ 2,2 bilhões em 2017, segundo dados fornecidos pela startup WebFarmas.

“Esses números mostram que o comércio eletrônico é um caminho sem volta. Por outro lado, sabemos que o desenvolvimento de um e-commerce exige grandes investimentos, que o pequeno e o médio empresário nem sempre dispõem. Por isso, aprovamos esse acordo, por meio do qual o associado terá a chance de entrar para o mundo das vendas pela internet sem, necessariamente, ter que lançar mão de muitos recursos”, disse Luis Carlos Marins, presidente da Ascoferj.

Entenda como a ferramenta funciona

A WebFarmas possibilita que qualquer farmácia tenha uma ferramenta de e-commerce sem alterar sua logística atual. “Nosso sistema detecta a geolocalização do comprador, que monta seu carrinho de produtos e envia para a loja mais próxima da rede cliente. Como nos integramos aos sistemas de gestão de cada loja, os preços dos medicamentos praticados em cada unidade são mostrados em tempo real”, explica o diretor de Produtos da WebFarmas, Pedro Henrique Silva Antunes.

 

Segundo ele, com uma pequena linha de código no site da rede, a empresa estará apta a atender o usuário online e não dependerá mais da localização física da loja, podendo investir em marketing digital e captar toda a clientela da região em que atua. “Vale lembra que a Anvisa autoriza apenas um site por rede. Então, atualmente apenas o WebFarmas resolve o problema de cada loja da rede, que poderão aplicar diferentes preços online”, acrescenta Pedro Henrique.

Empresas associadas à Ascoferj que tiverem até 99 pedidos no mês poderão utilizar a ferramenta gratuitamente. A partir desse número, a farmácia pode optar pelo plano Light, que custa R$ 199,00 por mês, mas que sairá por R$ 144,00 para associados. Saiba mais aqui.

 “A WebFarmas, juntamente com a Ascoferj, pretende mudar o rumo do e-commerce farmacêutico brasileiro, um mercado bilionário que é dominado por três gigantes. Acreditamos que as redes franqueadas, independentes e associativistas podem sim ter muitos diferenciais competitivos em relação às gigantes, como a urgência na entrega e o frete gratuito”, finaliza Pedro Henrique.

O É De Farmácia, programa da Ascoferj no YouTube, entrevistou Pedro Henrique Silva Antunes em 17 de julho. Assista para entender um pouco mais sobre como funciona o WebFarmas.

Associados interessados devem entrar em contato com a Ascoferj pelo telefone (21) 2220-9390 ou pelo e-mail dac@ascoferj.com.br.

Fonte: Ascoferj


VER MAIS SOBRE: comércio eletrônico / e-commerce para farmácias / vendas online / webfarmas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *