90% gastam do bolso por drogas essenciais

O Estado de São Paulo

O acesso gratuito a medicamentos ainda é privilégio de uma parcela ínfima da população mundial. Dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) alertam que 90% da população mundial precisa gastar seu próprio dinheiro para comprar remédios essenciais. Muitos, simplesmente por falta de renda, não sobrevivem a doenças que dispõem de tratamentos simples. Segundo os pesquisadores, a compra de medicamentos é responsável pelo segundo maior gasto de famílias nos países em desenvolvimento. Só a compra de alimentos pesa mais. No Brasil, a OMS destaca que só os gastos com remédios para a Aids dobrou em quatro anos. No País, 60% dos gastos com saúde vêm do bolso dos pacientes.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 8h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×