Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 1 de fevereiro de 2013.

Anvisa lança edital para estimular uso racional de medicamento

COMPARTILHE:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou edital voltado para instituições públicas e privadas interessadas em integrar uma força de trabalho que definirá medidas para estimular o uso racional dos medicamentos. O foco do grupo será a exigência da receita no ato da compra em farmácias e drogarias. No Brasil, a venda de medicamentos sujeitos a prescrição médica sem apresentação da receita é um problema grave de saúde pública. A cultura da automedicação e a falta de controle sobre a dispensação desses produtos em farmácias e drogarias são fatores que comprometem toda a cadeia de vigilância sobre a produção e utilização de medicamentos no país. A força de trabalho a ser constituída pela Anvisa pretende enfrentar esse desafio e propor soluções. A medida é um desdobramento da audiência pública realizada em setembro de 2012, que, em suas discussões, destacou a necessidade de reunir diversos setores da sociedade para formular propostas de ações concretas. Poderão participar do grupo instituições públicas e privadas, de caráter ou base de representação nacional, que tenham interesse em contribuir com a discussão e que se relacionem com os seguintes segmentos da cadeia do medicamento: pesquisa, produção, distribuição, venda, dispensação, prescrição, vigilância sanitária, defesa do consumidor e controle social do SUS. Órgãos públicos responsáveis por políticas públicas que têm interface com a saúde também poderão integrar o grupo. Para participar da força de trabalho, os interessados devem preencher e enviar o formulário até as 23h59 de 15 de fevereiro.   Para ter acesso ao formulário, clique aqui.   Fonte: Informe ENSP


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.