Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 19 de junho de 2009.

Anvisa proíbe venda de formol em farmácias

COMPARTILHE:

O Estado de São Paulo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de formol puro em locais como farmácias e supermercados para evitar o uso inadequado em produtos estéticos, como alisadores de cabelos. A adulteração de cosméticos com adição de formol é considerada crime hediondo e infração sanitária. Mesmo assim, cabeleireiros compram o produto em pontos de venda ou direto da fábrica e o adicionam aos cosméticos. Segundo a agência, a venda só poderá ser feita de fábrica para fábrica.

O formol é permitido na produção de alguns produtos estéticos para garantir sua conservação, mas dentro de certos limites. Segundo a agência, seu uso indevido causa de queimadura no couro cabeludo a câncer nas vias aéreas superiores.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.