fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 9 de abril de 2009.

Apesar da crise, Bayer investe para retomar vendas

COMPARTILHE:

Gazeta Mercantil

A Bayer investirá de R$ 8 milhões a R$ 10 milhões em estratégias de marketing para recuperar as vendas do analgésico Aspirina. Segundo informou o diretor geral do segmento ConsumerCare da Bayer, Rubens Antônio Júnior, em entrevista ao InvestNews, a nova campanha publicitária será iniciada neste domingo, dia 12.
 
Apesar da crise financeira mundial e da estratégia de proteger o caixa adotada pela maioria das companhias, a Bayer informou que investirá em marketing para várias outras áreas dentro do segmento ConsumerCare (Saúde).
 
De acordo com o executivo, a grande aposta para o ano é a área de dermatologia. "Vamos investir em duas áreas específicas: Antifungicos e contra assaduras". Em 2008, o mercado de antifungicos cresceu 2,5%, enquanto a Bayer registrou aumento de 49,8% nas vendas do setor. O mercado de medicamentos contra assaduras teve aumento de 10% em 2008. As vendas da companhia no segmento cresceram 28% no ano.
No primeiro bimestre de 2009, a venda de medicamentos da Bayer contra assaduras cresceu 22%, e os antifungicos tiveram incremento de 3,5%. No período, os mercados cresceram 5,5% e 8%, respectivamente.
 
Antônio Júnior destacou que a venda destes produtos está muito ligada ao aumento do calor, que propicia a incidência de micoses e assaduras. "Por isso mesmo pretendemos investir. Nossa previsão é que 2009 terá um inverno mais curto que em 2008, e assim sucessivamente. Este é um mercado promissor", avaliou.
 
Já o setor de multivitamínicos, segundo o executivo, vem apresentando baixas. Nos dois primeiros meses deste ano o mercado de complexos vitamínicos para adultos recuou 9,4%. As vendas da Bayer no setor tiveram queda de 7%. "Apesar do recuo, nós ganhamos mercado, já que nosso desempenho caiu menos do que o mercado."
 
Para o executivo, a queda está relacionada à crise. "Multivitaminicos têm efeito para longo prazo, não são medicamento para efeito imediato. Em períodos de crise são os primeiros a ser cortados, não são prioridades".
O presidente executivo da Abrafarma, Sérgio Mena Barreto, considerou que mesmo em período de crise financeira, investir no setor de saúde é uma boa estratégia. "O segmento farmacêutico é sempre o último a cair e o primeiro a subir", destacou.
 


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está trabalhando de forma semipresencial como medida de segurança contra a Covid-19.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial na sede de 8h às 17h.

Terças e quintas: atendimento remoto de 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.