Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 10 de janeiro de 2014.

Autoridades japonesas pedem investigação contra Novartis

COMPARTILHE:

Autoridades regulatórias de saúde japonesas pediram a abertura de uma investigação criminal sobre o laboratório Novartis, por propaganda enganosa na divulgação dos benefícios de um medicamento para o coração. A publicidade estaria baseada em pesquisas fraudadas. Uma acusação criminal por suposta publicidade enganosa significaria mais problemas para a gigante farmacêutica suíça em seu segundo maior mercado, depois que surgiram dúvidas sobre a precisão de alguns estudos conduzidos em universidade sobre o Diovan, medicamento para o coração. Um porta-voz da Novartis em Tóquio não quis fazer comentários sobre o anúncio do Ministério da Saúde do Japão nesta quinta-feira. Uma vez que os promotores de Tóquio aceitem o pedido do ministério, eles conduzirão sua própria investigação antes de apresentar acusações. Várias universidades japonesas anunciaram no início deste ano que pesquisas clínicas conduzidas para dar suporte ao produto tinham sido falsificadas, ao se constatar que um funcionário da Novartis havia participado de todos os estudos. Fonte: Valor Econômico


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.