Bayer investe na construção de edifícios 100% “verdes”

A Bayer está investindo no que deve se tornar uma vitrine para sua empreitada na área de construção civil, essencialmente no segmento sustentável. Trata-se de um prédio totalmente “verde”, próximo à Marginal do Rio Pinheiros, na zona sul da capital paulista. Os valores aplicados ainda são guardados a sete chaves, mas os objetivos são claros. Criar uma rede de fornecedores credenciados para oferecer soluções sustentáveis a todo o mercado de construção. “Além de ser um projeto altamente tecnológico é financeiramente viável”, diz o presidente para a área MaterialScience para a América Latina,Ulrich Ostertag. A divisão é especializada em polímeros e sistemas de alta tecnologia e fornece matérias-primaspara diversas indústrias. O novo prédio será um centro de convivência, onde a empresa realizará atividades que estimulem a qualidade de vida dos seus funcionários e visitantes e terá capacidade para receber duas mil pessoas. A previsão é de que ele gere economia de 50% no consumo de energia e 70% no uso da água. A ideia da companhia é reunir os colaboradores em uma rede, sob sua liderança. Com isso, a divisão MaterialScience também pode lucrar mais. Isso porque suas inovações tecnológicas poderão ser utilizadas em projetos dos futuros clientes. “Queremos criar soluções sustentáveis e desenvolver novas tecnologias para o mercado, junto com os colaboradores”, explica Fernando Resende, diretor do projeto no Brasil. O novo prédio faz parte do projeto EcoCommercial Building (EBC) e será o primeiro da empresa na América Latina. Desde 2009, a companhia já construiu quatro edifícios semelhantes nos Estados Unidos, Bélgica, Alemanha e Índia. “Cada um deles é adequado às condições climáticas e ambientais da região onde estão, explica Resende. Conhecida por sua presença no setor farmacêutico e de produtos agrícolas, a companhia anunciou neste ano o aporte de R$ 143 milhões nas três frentes de negócios no Brasil em 2012, incluindo MaterialScience. Mercado promissor Os negócios são promissores para a Bayer, pois embora a demanda seja crescente o estoque de prédios sustentáveis ainda é muito baixo. Pesquisa da Consultoria Cushman & Wakefield indica que na cidade de São Paulo apenas 4,3% dos edifícios são “verdes”. No Rio de Janeiro esse percentual cai para 2,5% e em Curitiba chega a 0,7%. A estimativa é que até 2013 o número total de edifícios verdes disponíveis nessas capitais chegue a 37%. “Aos poucos os empresários estão tomando consciência dos benefícios de investir na construção verde, mas estamos muito longe do ideal”, explica Marcelo Takaoka, presidente do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável. Fonte: Brasil Econômico

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 8h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×