Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 4 de junho de 2009.

Butantan sugere mudar calendário de vacinação

COMPARTILHE:

Folha de S. Paulo

Pico da gripe é diferente nas regiões Norte e Nordeste

O Instituto Butantan, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, sugere a antecipação do calendário de vacina contra a gripe influenza sazonal para moradores das regiões Norte e Nordeste do Brasil para aumentar a cobertura vacinal.
Isaías Raw, presidente do Butantan, diz que estudos comprovam que se a vacina fosse aplicada no mesmo período em que são vacinados os moradores do hemisfério Norte, a eficiência seria muito maior, aumentando de 30% para 65%.

"Os moradores dessas regiões estão expostos às cepas que circulam nos países do hemisfério Norte. O pico da gripe, nesses casos, acontece nos meses de dezembro e janeiro. Quando eles são vacinados [em maio], a gripe já passou", diz.
A composição das cepas das vacinas é definida pela Organização Mundial da Saúde, de acordo com os principais vírus que circularam no país. Normalmente as vacinas são diferentes nos dois hemisférios.

O brasileiro Wladimir Alonso, pesquisador do Instituto Nacional de Saúde dos EUA, publicou um estudo em abril, ressaltando a importância da antecipação da vacinação.
O levantamento aponta que, entre 1999 e 2007, 78% das cepas presentes no hemisfério Sul também estavam no hemisfério Norte. "A diferença não é tão grande assim. Várias cepas continuam circulando nos dois hemisférios por vários anos."
Para haver antecipação do calendário, é necessário aprovação do Ministério da Saúde, mas não está definida nenhuma mudança no calendário, segundo a assessoria.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.