Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 28 de setembro de 2009.

Cristália e Farmanguinhos renovam contrato para produção do Efavirenz, do coquetel antiaids

COMPARTILHE:

Portal Fator Brasil

Produção nacional do medicamento garante a distribuição para os pacientes do SUS.

O Laboratório Cristália e o Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos) anunciaram a renovação do contrato para a produção nacional do Efavirenz, um dos principais medicamentos utilizados no coquetel antiaids. O consórcio – formado pelo Laboratório Cristália, Globe Química e Nortec – será estendido até 2010, garantindo a distribuição do remédio para pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). Cada uma das empresas será responsável pela produção de 5 toneladas anuais do princípio ativo utilizado pela Farmanguinhos para fabricação do Efavirenz, totalizando 15 toneladas ao ano.

A renovação do contrato foi anunciada durante a inauguração das novas instalações do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Laboratório Cristália, em Itapira, cidade a 160 quilômetros de São Paulo. O local reúne todo o planejamento e coordenação das pesquisas desenvolvidas pelo Laboratório, que hoje tem 29 projetos de novos medicamentos em andamento.

Para o diretor do Farmanguinhos, Hayne Felipe da Silva, a iniciativa do governo em garantir a produção de remédios no País estimula o fortalecimento da tecnologia farmoquímica brasileira. “Essas empresas parceiras têm o compromisso de internalizarem o processo de produção do princípio ativo do Efavirenz, o que evita que tenhamos que importar esse insumo. Na indústria de medicamentos, em geral, o Brasil ainda importa 80% das matérias-primas usadas. Assim, a produção do Efavirenz no Brasil diminui nossa dependência do mercado internacional e contribui para a redução do déficit da balança comercial existente no setor”, explica Hayne Felipe da Silva.

Perfil: Empresa 100% nacional, o Cristália vem surpreendendo o mercado de fármacos. A empresa, que começou em 1972 para atender apenas à demanda local de medicamentos psiquiátricos, cresceu e ampliou sua gama de produtos, que hoje totaliza 180 medicamentos em 376 diferentes vias de administração e dosagens. Por manter a filosofia de oferecer medicamentos com qualidade e preço justo, o Laboratório Cristália
se tornou balizador de preços no mercado público e privado, incrementando a concorrência nesses dois setores até então dominados pelos laboratórios internacionais.

No Cristália, grande parte da linha de produção é destinada aos hospitais, concentrada na fabricação de anestésicos e adjuvantes, o que rendeu ao laboratório o título de maior fabricante desses produtos na América Latina. Além disso, é o único laboratório brasileiro que produz medicamentos para o Programa Antiaids do Ministério da Saúde, verticalmente – desde a matéria-prima (princípio ativo) ao produto acabado. Até agora, o Laboratório soma 117 pedidos de patentes, um número recorde na indústria farmacêutica nacional, sendo que 15 já foram concedidas.

O Laboratório é responsável pela sintetização dos princípios ativos de medicamentos que são usados pela própria empresa e/ou exportados. Destes, a empresa conta com 5 moléculas consideradas padrão de referência pela United States Pharmacopeia, entidad


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.