Cuiabá sem farmácias notificadoras

Diário de Cuiabá

Estado é o único do Centro-Oeste que não possui estabelecimentos incluídos no programa

Implantado desde 2005 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o programa das farmácias notificadoras ainda não é uma realidade no Mato Grosso. Nelas, é possível relatar casos em que o medicamento causou algum tipo de reação ao consumidor. De acordo com o gerente de farmacovigilância da Anvisa, Murilo Freitas, um primeiro passo já foi dado, porém, há outras etapas a serem realizadas. Uma delas é a capacitação dos farmacêuticos dos estabelecimentos, seguida de uma triagem e avaliação do profissional da farmácia. A partir daí, é necessário a assinatura de um termo de cooperação entre o Conselho Regional de Farmácia (CRF), a Vigilância Sanitária Estadual (Visa) e a Anvisa.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 8h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×