Dente impactado pode afetar a saúde bucal

Great Assessoria

Preocupação dos dentistas, um dente impactado (encravado), que não consegue romper o tecido mole da gengiva para surgir na cavidade bucal ou não possui espaço suficiente para se acomodar na boca, pode representar mais do que uma simples irregularidade dental. A imperfeição pode comprometer a saúde bucal se não for detectada a tempo. A mordida pode ser modificada (desalinhada) pelo dente impactado que, por falta de espaço para nascer, pode empurrar os dentes vizinhos -apinhar os dentes – e, muitas vezes, chegar a reabsorver (corroer) a raiz do dente mais próximo. E, quando semi-impactados (emergiu parcialmente), pode armazenar comida, placa e outros dentritos no tecido mole ao seu redor, causando Mau hálito, inflamação, sensibilidade da gengiva e cárie pelo acúmulo de alimento e difícil higienização.

O Dr. Sidnei Goldmann, especialista em implantondontia, ressalta que o distúrbio, muitas vezes, é ocasionado por deficiência do crescimento ósseo da arcada dentária, que não alcança o tamanho necessário para abrigar todos os dentes. "Essa anomalia tem maior probabilidade de acontecer com os últimos dentes a desenvolverem na boca. A erupção é dificultada por falta de espaço e o dente encravado entorta, inclina ou desloca enquanto tenta emergir, resultando em modificações na arcada dentária, podendo até causar dor. Outro fator que não podemos descartar é o excesso de tecido mole que também pode representar um obstáculo para o nascimento do dente", enfatiza o especialista.

Qualquer dente pode não erupcionar (nascer) e ficar impactado, os mais comuns são os dentes do siso e os caninos superiores. Por isso, os dentistas são unânimes ao recomendarem a odontologia preventiva para impedir outras causas mais sérias, pois, caso a membrana que circunda um dente impactado fique inflamada, pode formar um cisto na arcada dentária. "A melhor maneira de se constatar o distúrbio e evitar que ele vire problema sério é a prevenção – radiografias e acompanhamento odontológico. A formação de cisto é sinal de estado critico, caso de cirurgia", revela Goldmann.

O implantondontista Goldmann ressalta os cuidados. "O tratamento do dente impactado, auxiliado por radiografias, pode ser, nos caninos, um tracionamento ortodôntico (tração do dente até sua posição normal no arco dentário) para conservar o dente. Para terceiros molares (dentes do siso) que estão presos (encravados) por causa da densa camada de tecido mole, um corte na gengiva já adianta. E, para os molares que não conseguem a erupção a extração é a melhor medida", conclui o doutor.

Para saber mais acesse: www.goldmannodontologia.com.br

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 8h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×