Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 15 de julho de 2011.

Disputa entre laboratórios passa por reviravolta

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

Uma reportagem do Valor Econômico analisou que a reviravolta marca a disputa envolvendo a AstraZeneca e a EMS na comercialização da rosuvastatina, princípio ativo do Crestor, medicamento indicado para tratamento do colesterol.

Segundo a publicação, a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró-Genéricos) entrou com uma medida preventiva na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) para acompanhar o processo no qual a multinacional impede a companhia brasileira de comercializar no mercado a versão genérica da rosuvastatina.

Em outra frente, a EMS conseguiu derrubar a liminar no Tribunal de Justiça de São Paulo, que impedia a venda do medicamento. Para Odnir Finotti, presidente da Pró-Genéricos, nenhum laboratório genérico "está quebrando as regras e trabalha no rigor da lei".


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.