Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de fevereiro de 2013.

Distribuidores de medicamentos projetam crescimento em 2013

COMPARTILHE:

Em consequência do aquecimento no setor farmacêutico, distribuidores de medicamentos associados a Abradilan (Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais – www.abradilan.com.br) -, apresentaram um bom desempenho em crescimento no último ano. A preocupação com o aumento da expectativa de vida e com hábitos saudáveis tem levado os brasileiros a aumentar o consumo em farmácias e drogarias. Para 2013 as projeções são otimistas. Segundo pesquisa realizada pela Abradilan, 9,10% dos associados esperam um crescimento de até 10%, acompanhados de 36,40% que acreditam no aumento de 11 a 20% e 24,6% projetam crescimento de 21 a 30%.  Além desses, 30,30% dos associados projetam crescimento acima dos 30%. Entre os fatores que favorecem o crescimento do mercado farmacêutico ganha destaque, o aumento da renda familiar, pois de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), 45,5 milhões de brasileiros têm seus rendimentos e consumos referenciados no salário mínimo. Além disso, a retomada do crescimento do país, mesmo que em menor escala; o pré-sal e os grandes eventos esportivos como a Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas irão proporcionar aumento na oferta de vagas no mercado de trabalho, que reflete, diretamente, no aumento do consumo. “Estes pontos positivos fazem com que os brasileiros tenham acesso a mais recursos e aumentem o investimento em produtos para saúde, incluindo os medicamentos”, comenta o diretor-executivo da Abradilan, Geraldo Monteiro. Atualmente os associados da Abradilan visitam 84% das cidades de todo o Brasil e atendem 77% das 72,8 mil farmácias e drogarias do país. Sendo visitadas 54% das farmácias e drogarias no Norte, 74% no Sul, 79% no Nordeste, 80% no Sudeste e 83% das farmácias e drogarias do Centro-Oeste. A Abradilan ainda representa 23% do mercado brasileiro de medicamentos genéricos em termos de unidades.

Projeção de crescimento em 2012  nº de associados
até 10% 9,10%
de 11 a 20% 36,40%
de 21 a 30% 24,60%
acima de 30% 30,30%

VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.