Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 17 de abril de 2012.

Drogaria combate impasse tecnológico

COMPARTILHE:

DCI

A Drogaria São Paulo já apresenta bons resultados de seu contrato de serviços gerenciados de segurança, assinado com a empresa Arcon no ano passado. A marca encontrou no modelo Managed Security Services (MSS) uma oportunidade de solução de impasses tecnológicos que vinha enfrentando, como otimizar suas redes, aumentar a segurança do seu parque tecnológico e estar em conformidade com os padrões do Security Standards Council (PCI), conselho internacional que determina padrões e boas práticas de segurança da informação para a indústria de cartão de crédito.

Segundo Renato Barros, gerente de Tecnologia da Informação da Drogaria São Paulo, para estar de acordo com o PCI era preciso melhorar tanto a infraestrutura quanto a gestão da segurança. Para isso, foi estudada a possibilidade de realizar um projeto interno. "Além de investir em equipamentos seria preciso ter equipes dedicadas e especializadas em regime de 24 horas por dia, o que seria totalmente desvantajoso", afirma.

Com a adoção do modelo, criado para impedir que as empresas drenem recursos desnecessários diante das complexidades impostas pelo ambiente de tecnologia, não houve mudanças invasivas ou estruturais na rede. Em apenas três meses de trabalho, 70% dos requisitos necessários foram atingidos por meio do serviço. O sistema também monitora e atualiza o antivírus sem interrupção do trabalho das lojas.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.