Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 29 de setembro de 2009.

Futebol de transplantados para lançar campanha

COMPARTILHE:

Snif Brasil

Times de médicos e ex-pacientes comemoram a vitória contra a doença e alertam: apesar da alta de 24% no total de transplantes realizados, o país precisa cada vez mais de doadores para salvar vidas

O Ministério da Saúde lançou Campanha Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos – 2009 de um jeito bem brasileiro. A grande ação voltada para o aumento no número de doações no país vai começar com partidas de futebol de areia no Rio de Janeiro. Cinco times disputaram o jogo na Praia de Ipanema, no campo de areia do Posto 10. Três partidas chamaram a atenção por um motivo especial: colocam em campos adversários pacientes transplantados do Hospital Geral do Bonsucesso (HGB) e profissionais do Ministério da Saúde.
Formada por transplantados de rins e fígado, a equipe ‘Superação’ se revezou em série de três partidas (de 15 minutos cada) contra o time de médicos, enfermeiros e demais profissionais que participaram processo de cura e tratamento. No time, estavam comerciantes, bancários aposentados, motoristas que superaram todas as dificuldades e, agora, celebram a vida e dão exemplo.

Durante o lançamento da Campanha Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos – 2009, em Ipanema, houve também a distribuição de folders com orientações e explicações sobre a importância deste ato de solidariedade, além de distribuição de camisas da campanha autografadas pelos jogadores dos dois times cariocas. No local, o Ministério da Saúde, com o apoio do Departamento de Gestão Hospitalar do Rio de Janeiro (DGH), montou uma estrutura que conta com palco que teve apresentação de DJ para levar animação ao público.

O foco da campanha deste ano está na importância de comunicar os familiares sobre a decisão de se tornar um doador. Com o slogan “A vida é feita de conversas. Basta uma para salvar vidas”, a nova campanha de doação de órgãos começa a ser veiculada nas televisões e rádios de todo o Brasil.
Os dados mais recentes do Ministério da Saúde mostram que o número de transplantes de órgãos realizados em todo o País, com doador falecido, subiu 24,3% no primeiro semestre de 2009 em comparação com o mesmo período de 2008. Entre janeiro e junho de 2009, foram feitos 2099 transplantes de órgãos. Em 2008, no mesmo período, foram 1688. Nesse mesmo intervalo, houve crescimento nacional da quantidade de transplantes de rim de 30,28%. O transplante de fígado aumentou 23,17%.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.