Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 5 de setembro de 2013.

Laboratórios desovam estoques

COMPARTILHE:

A indústria farmacêutica brasileira parou em julho para ajustar estoques. Com isso, a produção do setor caiu 10,7% no mês em relação a junho quando havia registrado expansão de 10%. Na comparação com julho de 2012, a queda foi de 8,4%. Os dados foram divulgados na terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O presidente-executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Nelson Mussolini, afirma que é normal haver ajustes de estoques no setor e mantém o otimismo para o resto do ano. “Algumas distribuidoras costumam reduzi-los. Elas fazem isso constantemente, mas a demanda vai muito bem e não tem mostrado uma variação que cause preocupação”, diz ele. A indústria em geral registrou queda de 2% na produção entre junho e julho, resultado que praticamente anula a alta mensal de junho, de 2,1%. “As vendas é que têm impacto no setor no primeiro momento”, avalia Mussolini, acrescentando que as vendas da indústria farmacêutica para farmácias, distribuidoras, clinicas, hospitais e atacadistas, em unidades, cresceram quase 7% em 12 meses até julho último. Fonte: Brasil Econômico


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.