Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 10 de setembro de 2013.

Medicamentos genéricos ainda enfrentam obstáculos

COMPARTILHE:

A presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró Genéricos), Telma Salles, disse que, atualmente, os genéricos possuem uma participação de 30% no mercado em relação aos produtos de referência, e crescem aproximadamente 10,8% ao ano, movimentando aproximadamente US$ 153 bilhões (o equivalente a mais de trezentos e cinquenta bilhões de reais). Esses números foram informados durante a palestra que a executiva fez, na quinta-feira (05/09), no Centro de Estudos de Farmanguinhos. Com o tema “Medicamentos Genéricos: Instrumento de Acesso para uma Política de Saúde Pública Inclusiva”, Telma destacou a evolução e participação desse segmento no mercado. Apesar de ocupar significativo espaço em um nicho predominado pelos medicamentos de marca, a indústria de medicamentos genéricos ainda encontra dificuldades para se disseminar, segundo Telma. Entre alguns dos desafios citados por ela, estão a celeridade na análise, concessão e renovação de registros; a correta dispensação pelos profissionais de farmácia, que devem substituir o medicamento receitado somente por um genérico (de acordo com a legislação vigente); e a desoneração tributária. Esta última é um dos mais preocupantes, segundo Telma. “A carga tributária dos medicamentos, atualmente, é superior a 33,9%. Criar mecanismos para a redução ou eliminação desses tributos, contribuiria para a redução dos preços e ampliação do acesso aos medicamentos”, disse. Fonte: Fiocruz


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.