Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 24 de julho de 2013.

Medicamentos são 16% mais baratos na internet do que em farmácias físicas

COMPARTILHE:

Pesquisa de preços do Cliquefarma mostra que comprar medicamentos pela internet é 16% mais barato do que em farmácias. A comparação foi feita para uma amostra de dez medicamentos, e calculou diferenças de valor entre o varejo físico e virtual da mesma rede. A análise foi realizada em quatro bandeiras de farmácias (Drogaria São Paulo, Droga Raia, Drogasil e Onofre) e comparou os preços publicados na internet e o de lojas na cidade de São Paulo. Nas lojas físicas, os preços com e sem carteirinha de desconto foram respectivamente 16% e 45% mais caros que na loja virtual da mesma cadeia. As variações registradas não levam em conta diferenças de preços entre redes concorrentes. Quando comparado o preço com carteirinha de desconto, oito medicamentos tinham preço médio inferior na internet, um tinha preço igual e outro preço superior. Sem desconto, todos os preços de loja eram superiores ao canal on-line. “Comprar na farmácia equivale a pagar uma taxa de urgência para usufruir de um produto. Se o consumidor planejar a compra de medicamentos, obterá uma economia significativa”, afirmam os executivos do Cliquefarma, Ângelo Alves e Cézar Machado. Compras na internet são isentas de taxa de entrega para valores entre R$ 20 e R$ 100, conforme a loja. As vantagens de comprar pela internet já foram percebidas pelo consumidor. Segundo a e-Bit, a categoria Saúde, Beleza e Medicamentos é a 3ª mais importante para o e-commerce brasileiro com 12% do total de pedidos, atrás apenas de Eletrodomésticos e Moda. Fonte: Guia da Farmácia


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.