Medo de pandemia de gripe faz Roche elevar produção do Tamiflu

Valor Econômico

A Roche está aumentando a produção de seu antiviral Tamiflu em resposta à procura pelo medicamento desencadeada pelos temores de disseminação de uma pandemia da gripe suína.

A farmacêutica suíça disse que poderá produzir 36 milhões de caixas por mês até o fim do ano, uma vez que governos de várias partes do mundo começam a formar estoques e a usar o medicamento, aumentando a possibilidade de suas vendas chegarem a US$ 1 bilhão ao ano, depois de uma queda recente na demanda.

Ela acrescentou que está doando quase 5,7 milhões de medicamentos extras para serem distribuídos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para países pobres, depois de 5 milhões já terem sido despachados nos últimos dias e do aumento das pressões por fornecimento de estoques alternativos das concorrentes que produzem genéricos.

Governos de todas as partes do mundo estocaram até agora 220 milhões de remédios, aumentando as vendas desde o começo de 2003 para 7,6 bilhões de francos suíços (US$ 6,9 bilhões), em grande parte como preparação a uma possível pandemia. Com reservas formadas e poucos países além do Japão usando o medicamento em grande escala para tratar a gripe sazonal, as vendas haviam caído.

David Reddy, diretor da força tarefa da Roche de preparação para uma pandemia, confirmou que a companhia está em negociações que poderão levar a novas reduções do preço de € 12 euros (US$ 16,30) o tratamento, cobrado dos países pobres. Ela cobra € 15 euros dos países mais ricos.

"Os governos encomendaram estoques adicionais nas duas últimas semanas e estamos recebendo pedidos de informações de países em desenvolvimento", disse ele.

A Roche licenciou uma indiana fabricante de genéricos, uma sul-africana e duas chinesas, para que elas possam fabricar e vender o Tamiflu pelos preços que quiserem, mas concorrentes como a Cipla, da Índia, estão fazendo pressões para cancelar a patente da Roche. Nenhuma fabricante de genéricos recebeu até agora aprovação da OMS para produzir o medicamento. A OMS disse que houve pelo menos 61 mortes e 5.251 casos de gripe suína em 30 países.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 8h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×