Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 9 de agosto de 2011.

Mefedrona é formalmente inserida no rol das drogas ilícitas

COMPARTILHE:

Imprensa / Anvisa

Desde sexta-feira (5/8), a Mefedrona passou a ser tratada no país como uma droga ilícita, de uso e comercialização proibidos. A determinação foi publicada pela Anvisa no Diário Oficial da União, por meio da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) de número 36.

A medida adotada pela Anvisa atende a uma solicitação da Polícia Federal. A Mefedrona, utilizada para a produção de uma droga sintética, provoca euforia e delírios, além de levar seus usuários à condição de dependentes químicos em curto espaço de tempo.

A RDC 36/2011 determina que a Mefedrona passe a constar da Portaria 344/1998, na categoria das drogas proscritas. Assim a venda, a manipulação e o consumo da substância passará a ser crime.

Editada em novembro de 1998, a Portaria 344 traz as listas de substâncias classificadas no Brasil como entorpecentes, psicotrópicas e de controle especial. Hoje constam da lista 541 substâncias, a maior parte desse total formada por medicamentos.

As listas dessa portaria são atualizadas regularmente pela Anvisa. Neste caso específico, a Mefedrona irá figurar na lista 1.4 F que trata das drogas proscritas, ao lado, por exemplo, da cocaína e do ecstasy.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.