Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 25 de novembro de 2008.

Meio Ambiente vai orientar médicos sobre fim de medicamentos que contêm CFC

COMPARTILHE:

Canal Rural A partir de 2010, o gás clorofluorcarbono (CFC) deixará de ser produzido em todo o mundo. Para alertar a classe médica sobre as conseqüências da medida, o Ministério do Meio Ambiente montou um estande no 24º Congresso Brasileiro de Pneumologia, em Brasília. A indústria farmacêutica é o único setor no Brasil que ainda usa o gás, principalmente como propelente em sprays contra asma, doença que afeta mais de 12 milhões de brasileiros. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o CFC é usado em 14 medicamentos registrados, 12 indicados para doenças pulmonares, um para queimaduras e outro para a garganta. O produto é importado já que a produção nacional foi suspensa desde 1999, depois que o país aderiu ao Protocolo de Montreal, que prevê o fim da fabricação e consumo do CFC, até 2010, em função dos prejuízos causados pela substância ao meio ambiente. Durante o congresso em Brasília, os médicos pneumologistas serão instruídos a conversar com os pacientes sobre a substituição dos medicamentos que contêm o gás. Segundo o ministério, a orientação dos profissionais de medicina é necessária para garantir que a substituição dos medicamentos aconteça da melhor forma. A ação faz parte do Plano Nacional de Eliminação de CFCs.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.