Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 15 de setembro de 2009.

Novo tratamento para a tuberculose

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

Esquema terapêutico mais recente recomendado pela Organização Mundial de Saúde deve ser aplicado até o fim do ano no país

De acordo com o Diário de Pernambuco, a forma de tratar a tuberculose vai mudar depois de quase um século. No lugar dos seis comprimidos diários, uma vez ao dia, ao longo de dois meses, o paciente que está no início do tratamento irá tomar, no máximo, quatro comprimidos, uma vez ao dia, pelo mesmo período. A boa notícia é que o número de drágeas ainda pode reduzir de acordo com o peso do doente. O novo esquema terapêutico é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e deve ser aplicado até o fim do ano.

A nova pílula possui as três substâncias presentes nos seis comprimidos usados no esquema antigo e mais uma. É a chamada Dose Fixa Combinada (DFC) ou "quatro em um". Para os especialistas, a mudança vai reduzir o abandono da terapia, pois o "quatro em um" sairá por menos de US$ 30 por paciente durante todo o tratamento – ou pouco menos de US$ 5 por mês.

No último dia 14, profissionais da Secretaria Estadual de Saúde, dos municípios e pesquisadores participaram de uma oficina sobre o novo esquema de tratamento. A oficina vai formar cerca de 60 capacitadores, que vão difundir a novidade para mais de 3.740 profissionais, entre médicos e enfermeiros, que atuam nas equipes de saúde da família dos 185 municípios pernambucanos.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.