Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 17 de julho de 2012.

O novo Grupo FarmaBrasil busca ser uma voz única para as companhias de capital nacional

COMPARTILHE:

Depois de meses de articulação, o Grupo FarmaBrasil (GFB) saiu do papel. A entidade vai representar os interesses das farmacêuticas de capital nacional fazendo a ponte entre as indústrias e o governo. Segundo o presidente-executivo da entidade, Reginaldo Arcuri, a associação foi criada não para substituir outras entidades, mas para complementar os interesses do setor. Fazem parte dessa associação nove empresas: Aché, Biolab, Cristália, Libbs, EMS, Hypermarcas, Hebron, Eurofarma e União Química. Essas empresas representam 36% do mercado total farmacêutico e 53% do segmento de genéricos. Assim como as multinacionais, que são representadas pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), o Grupo FarmaBrasil também busca uma voz única para as companhias de capital nacional. Essas empresas pretendem criar uma agenda que permita transformar o país em um importante polo de inovação da indústria farmacêutica global, com foco em drogas sintéticas avançadas, fitoterápicas, além dos medicamentos biotecnológicos de primeira e segunda geração, em linha com as políticas do governo. Fonte: Valor


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.