Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 3 de agosto de 2011.

O perigo da farmácia caseira

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

Para evitar a intoxicação de crianças por medicamentos – responsável por 36,1% de todos os casos de intoxicação registrados no Brasil –, a Câmara dos Deputados está analisando um projeto que torna obrigatório o seu fracionamento, feito conforme a receita médica.

Segundo reportagem do periódico Zero hora, a proposta prevê uma nova forma de venda de drágeas, comprimidos, cápsulas, pastilhas e supositórios.

Atualmente, a legislação já permite o fracionamento de determinados medicamentos (são 800 na lista da Agência Nacional de Vigilância, Anvisa), mas não o torna obrigatório. O autor da lei, deputado Dr. Aluizio (PV-RJ), argumenta que como é comum às pessoas guardarem os restos deles durante ou após o uso em casa, o perigo é constante.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.