Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de novembro de 2012.

Pesquisa revela medicamentos mais consumidos no País

COMPARTILHE:

Neosoro é primeiro colocado. O que tem na sua caixinha de medicamentos? Descongestionante, vitaminas, analgésico à base de dipirona, pílula anticoncepcional, antigripal e calmante, de acordo com pesquisas de mercado feitas pela consultoria IMS Health e pela Associação Brasileira de Medicamentos Isentos de Prescrição (Abimip), que mostram os medicamentos mais vendidos no País. Analgésicos: os à base de dipirona sódica estão entre os mais populares. Estudos mostram que o medicamento age de forma similar a outros analgésicos. Segundo o diretor doCentro de Assistência Toxicológica do HC de São Paulo (Ceatox), Anthony Wong, ela baixa a febre com mais rapidez do que o paracetamol, que pode causar danos ao fígado. Calmantes: o clonazepam foi o sexto medicamento mais vendido, apesar de exigir receita controlada. A substância age no cérebro, aumentando a ação de um neurotransmissor que inibe a atividade e a conectividade dos neurônios. As indicações principais são para tratar convulsões, transtorno de ansiedade e depressão, mas tem se tornado cada vez mais uma "droga social", segundo Wong. Vitaminas: no ranking aparecem dois multivitamínicos. O uso deles como complemento nutricional é controverso. Segundo o nutrólogo Celso Cukier, só pessoas com deficiências precisam de uma dose extra e a ingestão exagerada pode causar efeitos colaterais. Descongestionantes:  a solução nasal contendo cloreto de sódio, cloreto de benzalcônio e cloridrato de nafazolina foi o medicamento mais vendido no último ano. Segundo o clínico Paulo Olzon, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), o máximo que essa solução pode fazer é aumentar o conforto respiratório quando o ar está seco. Campeões da farmácia Top 10 geral  Os medicamentos mais vendidos entre agosto de 2011 e agosto de 2012 no País, segundo número de unidades

  1. Neosoro (descongestionante nasal)
  2. Ciclo 21 (anticoncepcional)
  3. Microvlar (anticoncepcional)
  4. Salonpas (emplastro para dor muscular)
  5. Puran T-4 (hormônio da tireóide)
  6. Dipirona sódica (analgésico e antitérmico)
  7. Buscopan composto (analgésico)
  8. Rivotril (anticonvulsivante)
  9. Dorflex (analgésico)
  10. Hipoglós (pomada contra assaduras)

Top 8 em volume de vendas  Entre os medicamentos vendidos sem prescrição médica no ano passado

  1. Dorflex (analgésico)
  2. Gerovital (multivitamínico)
  3. Benegrip (contra os sintomas da gripe)
  4. Neosaldina (analgésico)
  5. Buscopan composto (analgésico)
  6. Renu plus (soro para lentes de contato)
  7. Engov (contra sintomas de ressaca)
  8. Targifor C (multivitamínico)

  Fonte: Folha de S. Paulo – SP / Foto: Shutterstock


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.