Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 12 de abril de 2012.

Raia Drogasil ganha nova resistência

COMPARTILHE:

Brasil Economico

A queda acentuada dos índices Ibovespa e Icon (que reúne companhias que atuam na área de consumo) fez com que o analista Carlos Martins do Trader Gráfico alterasse a análise gráfica da Raia Drogasil para uma perspectiva mais conservadora. O gráfico dos papéis continua com a mesma força compradora, no entanto, o especialista decidiu elevar a resistência (ponto que, se superado, indica a possibilidade de continuidade de movimento de alta) para precaver os clientes de uma devolução acentuada dos ganhos dos papéis. A resistência estabelecida inicialmente por Martins era de R$ 17,36 e agora é de R$ 18,20. Os objetivos, no entanto, continuam os mesmos: R$ 19,58, R$ 21 e R$ 23,17. “De meados de dezembro até hoje, as ações da companhia deram uma estirada. Saíram de R$ 11 para a casa dos R$ 17. Mas como o Icon e o Ibovespa na contramão, estou com medo de recomendar antes de R$ 18,20”, diz. Ontem, as ações fecharam em baixa de 0,28% a R$ 17,50. No entanto, no ano, os papéis acumulam alta de 35,09%. Segundo o especialista, antes da valorização iniciada no fim de 2011, a máxima dos papéis tinha sido atingida em 2010, quando chegou a R$ 16,55. “A gente diz que os papéis estão no espaço vazio”, desde que rompeu o patamar histórico. O especialista aponta que, caso as projeções de valorização não se confirmem, o investidor deve apertar o botão de stop quando atingir a antiga resistência: R$ 17,36. Depois deste patamar as chances de perdas acentuadas são grandes.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.