Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de agosto de 2011.

Remédio promissor da Roche é aprovado

COMPARTILHE:

Abrafarma

Um novo tratamento para o combate ao câncer de pele, que promete encolher os tumores e prolongar a vida de pacientes com uma mutação genética específica, recebeu uma aprovação rápida, o que sinaliza o entusiasmo de reguladores dos Estados Unidos em relação a esses tipos de terapias.

O medicamento vemurafenib, desenvolvido pela Roche Holding AG e Daiichi Sankyo Co., pertence a uma classe emergente de tratamentos destinados a atacar as bases moleculares do câncer.

O novo remédio, que será vendido com a marca Zelboraf, é o segundo novo tratamento aprovado recentemente contra a metástase de melanoma. Em março, a Administração de Alimentos e Drogas dos EUA (FDA, na sigla em inglês) deu o sinal verde para o Yervoy da Bristol-Myers Squibb Co.

Os tratamentos das concorrentes são caros, com uma fase do Yervoy custando US$ 120.000. A maioria dos pacientes do Zelboraf vai tomar o remédio por um prazo de seis meses a um custo de US$ 56.400, segundo a Roche.

A empresa está entre as líderes para o tratamento do câncer, com 30% de participação no mercado mundial. Suas três principais terapias – Avastin, Herceptin e Rituxan – respondem por 35% das vendas totais de US$ 47,8 bilhões da Roche.

A aprovação do vemurafenib, cujo pedido foi encaminhado em maio, veio antes do prazo já acelerado para o final de outubro. A agência, que tem enfrentado críticas pela lentidão e cautela na revisão de novos medicamentos, também deve aprovar em breve outro tratamento combinado com um teste genético, uma terapia de combate ao câncer de pulmão desenvolvida pela Pfizer Inc.

Essas terapias oferecem a oportunidade de um tratamento significativamente mais eficiente para pacientes que possuem uma mutação genética, que provoca a proliferação do câncer.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.