Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 10 de setembro de 2009.

Roche reestrutura comando e fortalece executivo de 42 anos

COMPARTILHE:

Valor Econômico

A Roche anunciou ontem uma reestruturação de seus principais cargos gerenciais, que trará uma mudança geracional em seu comando e fortalecerá a posição de Severin Schwan, o jovem executivo-chefe do laboratório farmacêutico.

Bill Burns, Jürgen Schwiezer e Jonathan Knowles, os pesos pesados que comandavam as divisões farmacêutica, de diagnósticos e de pesquisa, se aposentarão no fim do ano e serão substituídos por executivos mais jovens.

Pascal Soriot, de 50 anos, e Daniel O´Day, 45, os dois sucessores que comandarão as operações de medicamentos e diagnósticos receberão o título de diretores de operações, o que indica uma concentração de poderes sob as mão de Schwan, 42. Burns, 62, e Schwiezer, 65, trabalhavam sob o título de executivos-chefes de suas respectivas divisões.

Desde a promoção de Schwan, em 2008, ele vem gradualmente deixando sua marca na companhia, tendo acertado a bem-sucedida aquisição, por US$ 47 bilhões, do grupo de biotecnologia Genentech, dos Estados Unidos, na qual já possuía participação majoritária, e comandado um bom desempenho operacional em mercados complicados.

Analistas receberam bem a notícia de rejuvenescimento gerencial, mas ressaltaram que as mudanças no título dos cargos e o encolhimento do conselho executivo da companhia, de oito para seis membros, indicam uma concentração de poder.

"Severin Schwan quer maior envolvimento nas operações à frente", destacou Karl-Heinz Koch, da corretora suíça Helvea.

Em outra medida, o cargo de chefe de pesquisas farmacêuticas, muitas vezes uma indicação de alta hierarquia no setor, foi rebaixado, com Jean-Jacques Garaud, sucessor indireto de Knowles, ficando com um assento apenas no comitê executivo ampliado, em vez de no conselho principal.

A indicação de Soriot, que comandava a Genentech, era esperada após a compra das participações minoritárias que a Roche ainda não possuía e recompensa seus esforços, desde abril, para integrar as operações nos EUA.

Seu substituto na Genentech será Ian Clark, atual chefe de estratégia de produtos globais na divisão farmacêutica da Roche.

Analistas do setor observaram que a promoção de O´Day , atualmente chefe das operações de diagnóstico molecular, indica uma nova tentativa para desenvolver sinergias entre as atividades de diagnóstico e de medicamentos da Roche.

"Este comitê executivo mais amplo e jovem continuará a guiar a visão de longo prazo da Roche como a companhia de biotecnologia líder no mundo", afirmou Schwan.

Burns, veterano de 23 anos na Roche, passará a integrar o conselho do grupo suíço a partir de 2010. "As mudanças gerenciais conseguem duas coisas: reduzir de forma significativa a idade média no novo comitê executivo e deverá facilitar, com a estrutura do novo órgão, os processos de tomada de decisão", destacou Koch.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.