Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 16 de agosto de 2011.

Testes de novos medicamentos movimentam R$ 1,4 bilhão

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

Uma reportagem do O Estado de S. Paulo analisou que, na última década, o Brasil assistiu a um enorme crescimento no número de medicamentos em teste. Segundo a publicação, informações do principal banco de dados mundial indicam, em 2010, um aumento de 20 vezes na quantidade de novos estudos em comparação com 2000. O mercado já movimenta R$ 1,4 bilhão por ano.

Cerca de 63% dos testes correspondem à fase 3 do desenvolvimento de novos medicamentos – etapa em que o produto começa a ser testado em um grupo maior de pessoas, muitas vezes em diversos países.

Na prática, o porcentual comprova o baixo grau de inovação da indústria nacional: as fases 1 e 2 – que avaliam segurança e eficácia preliminar – costumam ocorrer no lugar onde os fármacos foram criados. No Brasil, elas representam só 26% dos estudos.

Em 2000, o ClinicalTrials.gov – base de dados do governo americano para testes clínicos – registrou 16 novos estudos no Brasil. Desde então, o número de novas pesquisas cresceu 20 vezes: no ano passado, foram 315.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.