Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 14 de fevereiro de 2014.

Viagra feminino começa a ser comercializado

COMPARTILHE:

A corrida do ouro das indústrias farmacêuticas para chegar ao viagra feminino parece estar se aproximando da reta final, mas não se sabe ainda se as mulheres sairão vencedoras. Desde 1998, quando o Viagra multiplicou as vendas da Pfizer, promovendo uma revolução sexual masculina, empresas do mundo inteiro tentam encontrar uma fórmula que possa ser utilizada da mesma maneira por elas. Nesta disputa, a Nord Pharma parece ter levado vantagem. A empresa lança este mês, na Inglaterra, o Lady Prelox, que vai custar o equivalente a R$ 132 por 60 comprimidos – para um mês de tratamento, já que a indicação é tomar dois comprimidos por dia. Segundo informações da Nord Pharma, o novo medicamento é 100% natural, feito à base de ervas, e "aumenta a libido e a excitação em mulheres", pois "estimula o fluxo sanguíneo para os órgãos reprodutivos, bem como o cérebro". Para tanto, possui em sua composição: pycnogenol, um extrato botânico da casca do pinheiro marítimo francês, conhecido por suas propriedades antioxidantes; arginina, aminoácido que estimula a produção do óxido nítrico, responsável pelo aumento da vasodilatação; rosvita, o extrato da flor da rosa silvestre que possui grande concentração de vitamina C e contribui para a função psicológica; e a citrulina, um aminoácido que auxilia a arginina a estimular a produção de óxido nítrico. Fonte: O Globo


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.