Vitaminas podem diminuir perda visual por doença degenerativa da retina

G1

Pesquisadores irlandeses apresentaram os resultados do primeiro estudo comparativo do uso de suplementos para prevenir o aparecimento precoce da degeneração macular da retina. Essa doença leva à perda progressiva da visão, sendo principal causa de cegueira no mundo ocidental.

A causa principal da doença retiniana é a disfunção da camada mais interna do olho humano, o epitélio pigmentar retiniano. Dois tipos básicos de complicações acontecem nessa região. Uma delas é a degeneração seca da retina e a outra é a formação de áreas de formação de vasos sanguíneos, que fazem com que o epitélio da retina se separe e deixe de funcionar. A perda de visão habitualmente passa por etapas que vão desde o borramento da visão até a perda total da visão central, impedindo o reconhecimento de outras pessoas e a capacidade de ler.

A busca dos especialistas, mais do que um tratamento eficaz, é descobrir o que pode ser feito para retardar ou evitar esse processo degenerativo. O uso de vitaminas com características antioxidantes vem sendo proposto, porém nenhum estudo tinha conseguido comparar a evolução entre pessoas que usavam ou não as vitaminas. No caso da pesquisa irlandesa o complexo vitamínico testado em mais de 400 pacientes era rico em xantina e luteína, classificadas entre as chamadas de carotenoides. Essas vitaminas estão presentes de forma natural, tais como outras, nos vegetais e nas frutas.

O acompanhamento dos dois grupos por mais de cinco anos mostrou que, no grupo que usou as vitaminas, não só a progressão da degeneração macular se deteve, bem como a visão desses participantes melhorou nesse tempo. Por outro lado, a visão e a retina dos outros participantes piorou sem o uso das vitaminas. Novos estudos são necessários para determinar a dosagem necessária e o tempo de utilização do complexo vitamínico para que se obtenham os efeitos sobre a degeneração da retina.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Saiba onde encontrar o número da matrícula

Todo associado, além do CNPJ, possui um número de matrícula que o identifica na Ascoferj. Abaixo, mostramos onde encontrá-lo no boleto bancário. Você vai precisar dele para seguir em frente com a inscrição.

BOLETO BANCÁRIO BRADESCO

Encontre em “Sacador / Avalista”.

boleto bradesco contribuição

BOLETO BANCÁRIO SANTANDER

Encontre em “Sacador/Avalista”.

boleto santander contribuição
Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×