fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 6 de novembro de 2009.

Walmart estuda vender remédios em loja na internet

COMPARTILHE:

Valor Econômico

A experiência do Walmart com a venda de bens duráveis pela internet foi tão bem-sucedida no Brasil que a gigante americana já está de olho em mais um segmento do varejo on-line, a comercialização de medicamentos. Em entrevista ao Valor, o presidente do Walmart no Brasil, Hector Nuñez, afirmou que já começou a avaliar o lançamento de uma farmácia pontocom no país. O grupo seria a primeira grande cadeia de hipermercados a vender produtos farmacêuticos pela internet no Brasil.

As grandes varejistas – Walmart, Pão de Açúcar e Carrefour – estão avançando a passos largos no varejo de medicamentos. O setor de farmácias, que ainda é dominado por pequenas lojas independentes, está passando por uma forte transformação no país desde a introdução do regime de substituição tributária e da nota fiscal eletrônica, o que permitiu ao governo intensificar a fiscalização sobre as empresas.

"O segmento de farmácias está entre as prioridades de investimento do Walmart no Brasil", afirmou Nuñez. O apetite pelo varejo farmacêutico é tão grande que serão abertas neste ano nada menos do que 100 drogarias, das quais 42 já foram inauguradas.

O ritmo de inaugurações no setor de farmácias é até mesmo mais acelerado do que a expansão prevista para os hipermercados e supermercados. Além de operar com marcas originais Walmart e Sams Club, o grupo é dono no Brasil das redes Bompreço, Mercadorama, Nacional, BIG, Maxxi e Todo Dia.

O grupo está abrindo drogarias não só dentro dos novos hipermercados, mas também nas unidades que já estão em operação. Atualmente, a varejista controla uma rede de 260 farmácias, o que a colocaria no topo do ranking do setor no país.

O Carrefour e o Grupo Pão de Açúcar também estão avançando de forma rápida no varejo farmacêutico. O Carrefour já possui 141 drogarias, das quais 14 são em endereços independentes, de rua, e 14 funcionam em hipermercados do Atacadão. O Pão de Açúcar manifestou até mesmo o interesse em comprar redes de farmácias para avançar no setor.

O varejo de medicamentos é um mercado conhecido para o Walmart nos Estados Unidos, onde o grupo possui uma agressiva política de preços. Lá, a rede vende medicamentos genéricos por US$ 4. O mesmo programa foi trazido para o Brasil, onde as farmácias do Walmart vendem, por R$ 9,90, uma lista de 500 medicamentos genéricos.

"Pesquisas apontam que 40% das pessoas no Brasil não terminam tratamentos de saúde porque não têm dinheiro para adquirir os remédios", afirma Nuñez. A varejista mantém, nas farmácias, um programa de educação sobre os medicamentos genéricos, enquanto tenta combater o uso de produtos similares nos pontos de venda.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está trabalhando de forma semipresencial como medida de segurança contra a Covid-19.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial na sede de 8h às 17h.

Terças e quintas: atendimento remoto de 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.