Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 27 de março de 2014.

Anvisa quer restringir venda e propaganda de clareadores dentais

COMPARTILHE:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quer restringir a venda e a propaganda de clareadores dentais. Proposta de resolução que foi a consulta pública desde de quarta-feira (26) prevê que produtos que tenham uma concentração superior a 3% de peróxido de hidrogênio e a peróxido de carbamida passem a ser comercializados somente mediante a apresentação de receita. Peças publicitárias sobre produtos somente poderão ser apresentadas para prescritores, os dentistas. Produtos que apresentam concentração inferior a 3% – a maior parte encontrada em farmácias – não estão sujeitos a essas regras. Pelo texto, a venda e a publicidade continuam liberadas. A Anvisa decidiu discutir regras para a venda dos produtos depois de um pedido feito pelo Ministério Público e pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). O gerente-geral de tecnologia de produtos da saúde da Anvisa, Joselito Pedrosa, afirmou haver relatos de abusos relacionados ao produto. "Ele não é inofensivo. Vários efeitos adversos foram relatados, de problemas na gengiva à perda dos dentes", afirmou. Produtos com concentração superior a 3% são vendidos geralmente em farmácias especializadas em produtos dentais e distribuidoras. "Mas muitos recorrem a esses estabelecimentos e compram os clareadores por conta própria”. O texto da resolução deverá ficar em consulta pública por 60 dias. Fonte: Agência Estado


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.