Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 24 de setembro de 2019.

Ascoferj tem vitória a favor de farmácia de manipulação em São Gonçalo

COMPARTILHE:

Farmácia de manipulação vence ação em São Gonçalo contra Visa Foto: Divulgação

O departamento jurídico da Ascoferj foi responsável por mais uma vitória para um de seus associados. Desta vez, a beneficiada foi uma farmácia de manipulação de São Gonçalo, que decidiu entrar na justiça contra a Vigilância Sanitária do município pelo direito de manipular e comercializar anorexígenos como sibutramina, anfepramona, femproporex e mazindol.

Entenda o caso

O assunto é bastante polêmico. Isso porque, em 2014, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou a RDC 50, que proibia as farmácias de manipulação de comercializar, prescrever e dispensar medicamentos que contenham anorexígenos. Entre as substâncias citadas, a única permitida pela Agência é a sibutramina.

Por outro lado, em 2017, foi publicada a Lei Federal 13.454, que autoriza a produção, comercialização e o consumo das substâncias, sob prescrição médica no modelo B2. Com isso, surgiram dúvidas a respeito do que é possível ou não fazer.

Decisão do juiz

O juiz Antonio Marreiros da Silva Melo Neto julgou procedente o pedido da farmácia para manipular os anorexígenos, desde que se cumpra com a Lei e apresente a prescrição médica B2.

É válido lembrar que ainda cabe recurso da sentença. Além disso, a Visa de São Gonçalo não negou a possibilidade de punir a farmácia por manipular e comercializar as substâncias.

Veja também: Ascoferj tem vitória na 1ª Vara Federal de Nova Iguaçu


VER MAIS SOBRE: Ascoferj / São Gonçalo / visa


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.