Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 17 de julho de 2019.

Associativismo segue em alta no mercado farma segundo Febrafar

COMPARTILHE:

Associativismo Foto: shutterstock

O associativismo continua ganhando força no País de acordo com último painel de indicadores divulgado há poucos dias pela Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar). Em 2018, a federação tinha 8.380 lojas associadas; hoje, são 9.416 – crescimento de 12,36%. O destaque fica para a região Nordeste, onde o percentual de crescimento da Febrafar foi de 56,96%. Por outro lado, a região com menor destaque é o Sul, onde o percentual do número de lojas que se associou não passou de 4,02%.

O faturamento das redes associadas também cresceu significativamente, passando de R$ 7,6 bilhões no MAT 06/2018 para R$ 9,7 bilhões no MAT 06/2019, período apurado pela Business Inteligence Tool (BIT). Essa diferença representa 27,20%. Comparando apenas o mês de junho, em 2018, o faturamento de todas as redes juntas foi de R$ R$ 723,1 milhões, enquanto em 2019, esse valor saltou para R$ 922,7 milhões.

Veja também: Perdas no varejo crescem, mas ficam abaixo da média

Por grupo de produtos, os mais vendidos nas redes associadas são medicamentos de propaganda médica em primeiro lugar e genéricos em segundo, sendo que a diferença entre eles costuma variar em dois pontos percentuais apenas. Para se ter uma ideia, no MAT 06/2019, os medicamentos propagados representaram 37,10% das vendas. Já os genéricos, no mesmo período, 34,62%. Os não medicamentos responderam por 14,87%. O restante ficou por conta do trade equivalente.

Atualmente, a Febrafar tem 58 redes associativistas no seu quadro de associados. O crescimento contínuo da federação demonstra que o associativismo tem sido uma alternativa para os independentes que não querem mais ficar sozinhos.

Fonte: Revista da Farmácia


VER MAIS SOBRE: Associativismo / Febrafar


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.