fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de junho de 2016.

Atendimento de excelência

COMPARTILHE:

Revista da Farmácia (ed.192):

O sortimento de produtos do varejo farmacêutico, se comparado a outros setores, como calçado e vestuário, é praticamente o mesmo em todas as lojas. O que sua farmácia vende, provavelmente, não é uma exclusividade, e o cliente pode encontrar igualzinho na loja da esquina. Cerca de 70% dos espaços dentro de uma drogaria são iguais aos dos concorrentes e de outros segmentos que também vendem produtos de higiene e beleza, como as perfumarias. Portanto, sair na frente e se destacar é um desafio a ser enfrentado com a equipe, nunca sozinho. Isso porque um atendimento de excelência faz com que os clientes voltem à loja, satisfeitos e dispostos a comprar com você e não com o concorrente.

“Aproximadamente, 90% dos empresários do varejo acreditam que encantar o cliente é oferecer somente descontos, um erro. Esqueça o atendimento automático e humanize a abordagem. Esse é o primeiro passo para fazer um trabalho de qualidade”, destaca o consultor do Instituto de Desenvolvimento do Varejo Farmacêutico (IDVF), Messias Cavalcante.

O atendimento humanizado se dá na relação e na troca com o consumidor. As pessoas que trabalham com o público, principalmente nas farmácias, precisam conhecer o perfil dos clientes e suas preferências, criando e fortalecendo os relacionamentos. “Tente fazer com que esse atendimento seja natural. Chame o cliente pelo nome, o que é uma boa tática de aproximação”, orienta o consultor em Treinamento de Vendas, Edson Rodriguez.

Obtêm mais êxitos no atendimento os profissionais que têm perfil adequado, que gostam de lidar com pessoas e ouvir histórias. “Existem testes comportamentais que avaliam esse tipo de perfil. Uma vez que o vendedor se identifique com o público, é fundamental motivá-lo, inclusive com possibilidades de alavancar a carreira”, completa Rodriguez.

O retorno do cliente à farmácia também é uma oportunidade de demonstrar que ele é lembrado. “Faça uma saudação do tipo: ‘o que achou daquele produto que comprou conosco?’ ou ‘como está o controle da sua pressão arterial?’. Iniciativas como essas tendem a fortalecer o relacionamento, mas é necessário perceber se o cliente está aberto para esse tipo de abordagem”, observa Rodrigo Collino, partner da Sociedade Brasileira de Coaching.

Deve-se cuidar da aparência, pois os clientes estão cada vez mais exigentes. “Além disso, é importante manter o espaço limpo, com boa claridade, gôndolas organizadas e filas controladas”, enumera Collino.

Por outro lado, é preciso ficar de olho ao que desagrada ao consumidor. Às vezes, pequenos gestos e ações podem colocar todo o atendimento a perder, como desatenção dos funcionários, falta de simpatia e cordialidade, mau humor e atendimento confuso.

Nada de redes sociais durante o horário de trabalho. “O mundo virtual não pode atrapalhar o real. O gerente deve conversar com a equipe e esclarecer que o uso do celular não é proibido, mas a atenção deve estar voltada para o cliente no período do expediente”, finaliza Collino.

Para um bom atendimento…

  • Sorriso na voz
  • Educação
  • Foco no cliente
  • Ouvir o outro

Evite…

  • Usar celular
  • Mau humor
  • Falta de atenção
  • Não atender o cliente

 

Comunicação Ascoferj



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×