Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 23 de junho de 2010.

Autorizada a venda da “pílula dos 5 dias”

COMPARTILHE:

UOL

O painel de conselheiros da FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora de comida e remédios dos EUA, deu sinal verde para a venda da "pílula dos 5 dias", um contraceptivo de emergência que pode ser usado até 120 horas após a relação sexual. As informações são da rede CNN.

A comissão responsável pela análise de drogas relativas a saúde reprodutiva votou de forma unânime a favor do produto, chamado Ella, da empresa HRA Pharma, na última quinta-feira. A FDA geralmente acata as orientações do painel, mas não tem obrigação legal de fazê-lo.

A pílula tem como princípio ativo o acetato de ulipristal. O uso é recomendado a mulheres que fizeram sexo sem proteção e não desejam engravidar.
Pesquisa publicada no periódico científico "Lancet" mostrou que o novo anticoncepcional de emergência é mais eficaz do que a pílula do dia seguinte mais antiga, à base de levonorgestrel, já aprovado em cerca de 140 países, incluindo o Brasil.
A pílula dos 5 dias foi aprovada na Europa em maio do ano passado.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.