Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 16 de outubro de 2019.

Central de Negócios Ascoferj nasce focada na farmácia independente

COMPARTILHE:

Central de Negócios Ascoferj auxilia na gestão de farmácias Foto: Ascoferj

Mais um projeto inovador surge da preocupação da Associação do Comércio Farmacêutico do Estado do Rio de Janeiro (Ascoferj) com o desenvolvimento do setor. A Central de Negócios Ascoferj (CNA) surge como uma oportunidade para as farmácias independentes melhorarem a gestão do ponto de venda e fecharem negócios mais lucrativos com fornecedores.

O que é a Central de Negócios?

A plataforma, exclusiva para lojas independentes associadas à Ascoferj, auxiliará na tomada de decisão do negócio, disponibilizando resultados, sugerindo ajustes e buscando soluções em parceria. O proprietário será capaz de encontrar uma grande variedade de produtos e serviços.

Os dois lados da ferramenta

A CNA busca beneficiar tanto varejistas independentes quanto indústrias, distribuidoras e prestadores de serviço. No primeiro caso, com aumento da rentabilidade, controle do estoque e diminuição dos prejuízos; no segundo, com a oferta de produtos com condições especiais para associados, o que acaba aumentando a base de clientes. Além disso, serão gerados relatórios mensais para acompanhamento de resultados.

Importância do setor independente

Segundo dados da Close-up International, de junho de 2019, o Rio de Janeiro tem mais de cinco mil farmácias independentes, movimentando R$ 2,6 bilhões em 280 milhões de vendas. Logo, é muito importante trabalhar esse mercado.

O presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins, explica que a proposta do projeto é voltada para esse núcleo. “Queremos fortalecer o associado independente por meio de uma ferramenta que forneça indicadores de mercado e métricas de desempenho, auxiliando na gestão das farmácias. Além disso, permitir que possam fazer compras em grupo com melhores condições e aumentar a rentabilidade do ponto de venda”, destaca.

A coordenadora da CNA, Thilda Valle, afirma que, em um mundo cada vez mais competitivo, é preciso formar alianças e parcerias. “A Central busca levar para as independentes a força do conjunto. Se isolados, somos mais fracos, por isso vamos nos unir para aumentar a competitividade”, finaliza.

Veja também: Farmácias independentes apostam em plataformas de e-commerce descentralizadas

Fonte: Revista da Farmácia


VER MAIS SOBRE: Central de Negócios / Central de Negócios Ascoferj / CNA / Farmácias independentes / gestão / Independentes / Plataforma


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.