fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 30 de novembro de 2009.

Cresce procura por genéricos nas farmácias

COMPARTILHE:

Agência Race

Confiança nos genéricos aquece as vendas no ponto de vendas

Os medicamentos genéricos têm conquistado cada vez mais espaço com os consumidores e também com as drogarias do país. Além de serem garantidos por lei com o preço no mínimo 35% mais baratos, os medicamentos genéricos têm melhor margem de lucro para as farmácias. Os genéricos são mais baratos por não necessitar de campanhas de divulgação e também pelo fato de ser um produto que não necessita de grandes investimentos para pesquisa e desenvolvimento.

Para as drogarias o genérico tem sido um forte produto de trabalho, no sentido de obter mais lucros. Para os consumidores a economia pode chegar, na prática, até a 50% em relação ao medicamento de referência, conhecido também por medicamento de marca. "Ainda existe um preconceito do consumidor sobre o genérico. Mas está cada vez mais fácil de trabalhar com ele por conta deste tabu estar caindo. Para nós das drogarias é melhor trocar o medicamento do que indicar um concorrente ou similar, pois existe maior segurança para o cliente. Para nós, o genérico, dá uma maior margem de lucro, já que os descontos por parte das indústrias estão cada vez melhores", explica Rodrigo Freitas diretor comercial das drogarias Eldorado, de Goiânia (GO).

O consumidor economiza comprando genéricos e leva um produto de qualidade também, já que os medicamentos genéricos passam por rigorosos testes de laboratório antes de serem aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pelo Ministério da Saúde. Após os testes, conhecidos por biodisponibilidade e bioequivalência, e aprovação destas entidades, os genéricos podem ser comercializados. Pelo fato de o genérico gerar economia ao consumidor as vendas tem crescido muito, conforme afirma Rodrigo Freitas "Nossas vendas de genéricos cresceu 35% e isso aumenta nossa margem e melhora nosso movimento. Os consumidores já têm mais segurança com relação ao genérico. Tem gente que pede genérico Teuto e quer aquela marca e isso dá uma garantia ainda maior para trocar o medicamento com maior segurança", complementa Rodrigo.

Para a indústria a venda do medicamento genérico tem crescido e a busca por parte dos consumidores também. "Cresceu muita a procura por genéricos. As pessoas ligam muito perguntando sobre este tipo de medicamento. A maior dúvida, por parte dos consumidores é se o medicamento vai ter o mesmo efeito. Quem já utiliza este tipo de medicamento, busca novos genéricos e também sugerem para nós do Teuto produzir outros produtos na apresentação genéricos", conta Janaina Moscatto farmacêutica responsável pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor do Laboratório Teuto, um dos pioneiros na fabricação de genéricos no país.

O medicamento genérico está presente no Brasil desde 1999. Atualmente 90% das doenças podem ser tratadas com este tipo de medicamento. Segundo dados da Anvisa, já existem mais de 2600 apresentações de genéricos registrados no país.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que estará trabalhando de forma semipresencial no mês de fevereiro.

 

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial na sede de 8h às 17h.

Terças e quintas: atendimento remoto de 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.