Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 16 de janeiro de 2017.

De vendedor de picolé a farmacêutico

COMPARTILHE:

Revista da Farmácia – ed. 196:

eu-faco-a-diferencca_filho-paulo-e-filha
Ao centro, Paulo César de Barros ao lado dos filhos Paulo César de Barros Júnior e Letícia Torres Pinheiro.

Paulo César de Barros começou a trabalhar no varejo farmacêutico quando tinha apenas 13 anos, na Drogaria Regional, em Cordeiro. Naquela época, suas atividades eram ajudar o atendimento no balcão e fazer a limpeza dos medicamentos e da loja. Antes ele só havia trabalhado como vendedor de picolé e balconista de um bar.

Após essa longa experiência, conhecendo o dia a dia de uma drogaria, Paulo decidiu aprofundar seus conhecimentos e se formou no curso de Farmácia, em 2004, com 37 anos, pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio), em Duque de Caxias.

Hoje, com 50 anos, o farmacêutico assegura que teve a sorte de ter iniciado a carreira com patrões que compartilharam com ele todo o aprendizado de uma farmácia. “Eles foram excelentes professores, com os quais iniciei minha carreira. Agora, para dar continuidade, busco sempre me capacitar, participando de palestras, cursos e lendo livros da área. E percebo que ainda tenho muito a aprender”, diz Paulo.

Em 1987, Paulo comprou a Drogaria Cecile, em Duas Barras, em sociedade com o irmão, que trabalhava em uma fábrica de cimento. A partir daí, ele já era um empresário do setor, mas sem formação na área. Com o passar dos anos, e após a conclusão do curso de Farmácia, Paulo comprou outra farmácia, em 2013, que se tornara a segunda loja da Drogaria Cecile, em Banquete, distrito da cidade de Bom Jardim.

Paulo tem dois filhos, Paulo César de Barros Júnior, que se formou no curso de Farmácia, em 2012, e hoje, além de farmacêutico, tem sua própria farmácia e faz questão de seguir os ensinamentos do pai. E Letícia Torres Pinheiro, que trabalha como balconista na drogaria do pai há um ano. Ela pretende também seguir o mesmo caminho, ingressando no curso de Farmácia neste ano, 2017.

O empresário e farmacêutico se diz muito feliz e realizado com a escolha dos filhos e por ver os funcionários seguindo sua filosofia de trabalho. “Ser farmacêutico é estar à disposição dos clientes, promovendo saúde e bem-estar”, comenta Paulo César.

As duas drogarias administradas por Paulo possuem uma sala de atenção farmacêutica cada uma, onde ele oferece serviços como aferição de pressão arterial, colocação de brincos, prescrição farmacêutica e orientação sobre o uso de medicamentos. “Meu sonho é poder ampliar ainda mais meus negócios, formando uma verdadeira rede de farmácias, onde eu possa abrigar meus filhos, minha esposa e sócios. Espero que juntos consigamos nos tornar empresários modelos e com lojas em vários municípios da região”, sacramenta Paulo.

Comunicação Ascoferj



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.