Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 17 de junho de 2010.

Descontos em medicamentos voltam a atuar

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

Caiu a liminar que impedia as promoções mais vantajosas

Protagonista de constantes brigas judiciais entre as grandes redes e as pequenas farmácias, o setor estava impedido de fazer promoções de preço. De acordo com reportagem do Jornal do Commercio, por força de liminar, os descontos para produtos genéricos e de referência estavam limitados a 30% e a 15%, respectivamente. Como o juiz da 5ª Vara Federal de Pernambuco, Jorge André Mendonça, assinou sentença favorável à realização de reduções de preço acima destes tetos, a liminar perdeu o valor. Com isso, as grandes redes voltam a aplicar descontos maiores do que o limite imposto desde o final de 2007.

A ação para barrar os preços mais agressivos foi proposta pelo próprio sindicato do segmento, o de Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos (Sincofarma), sob a alegação de que descontos muito grandes no preço dos medicamentos terminavam beneficiando as grandes redes e provocando a falência de pequenas revendas. Ontem, ao ser questionado sobre o assunto, José Cláudio Soares, presidente do Sincofarma, argumentou que muitas vezes são oferecidos preços abaixo do custo, com os genéricos chegando a ser comercializados com redução de 50%.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.