Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 18 de janeiro de 2012.

Dia do Farmacêutico – 20 de janeiro

COMPARTILHE:

Portal Fator Brasil

Apesar de existir a muitos anos no Brasil (ainda Brasil colônia), a profissão somente foi regulamentada em 1931. Desde então, a profissão farmacêutica vem sendo consolidada ao longo destes 80 anos de regulamentação, tendo uma especial importância nos últimos 15 anos, onde os Conselhos Regionais de Farmácia bem como o Conselho Federal de Farmácia se tornaram entidades mais sólidas e com um grande trabalho para o reconhecimento do profissional farmacêutico como um agente de saúde, capaz de contribuir para uma melhor qualidade de vida da população.

Até aproximadamente dez anos atrás todos os farmacêuticos formados necessariamente buscavam uma especialidade após a formação, como análises clínicas, análise de alimentos, indústria, homeopatia, hospitalar, dentre outras. Atualmente, a maioria dos cursos formam farmacêuticos generalistas, que compreende o conhecimento em diversas áreas de atuação. Isto colabora para a escolha da área a seguir. Porém, cabe ao profissional aperfeiçoar a sua formação em uma área definida.

Dentre as muitas áreas de atuação do farmacêutico, destacam-se os trabalhos nas áreas de pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos, na indústria de medicamentos, na indústria de alimentos, em farmácias de manipulação, em clínicas e hospitais gerais ou especializados, como em oncologia, na atenção farmacêutica nos mais diversos estabelecimentos de saúde, principalmente com foco em farmacovigilância e informações sobre medicamentos para profissionais de saúde bem como para a população.

Farmacêuticos também vêm se destacando em cargos de gestão em serviços de saúde, bem como nas vigilâncias sanitárias em todo o Brasil e na Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O farmacêutico contemporâneo deixou de ser um dispensador de medicamentos e passou a participar ativamente nas tomadas de decisão em unidades de atenção à saúde, a partir da utilização de ferramentas de farmacoeconomia.

Este profissional vem assumindo um papel importante na condução das políticas de saúde no Brasil e no mundo. O código de ética da profissão farmacêutica, aprovado em 29 de setembro de 2004, diz que “O farmacêutico é um profissional da saúde, cumprindo-lhe executar todas as atividades inerentes ao âmbito profissional farmacêutico, de modo a contribuir para a salvaguarda da saúde pública e, ainda, todas as ações de educação dirigidas à comunidade na promoção da saúde”. Isto faz do profissional farmacêutico um profissional “pluricompetente” e responsável por fazer parte de um processo que tem por finalidade assegurar o bem estar da população.

No dia 20 de janeiro é comemorado o dia do farmacêutico, dia da fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF) no ano de 1916, na cidade do Rio de Janeiro.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.