fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 30 de março de 2011.

Droga Raia fecha 2010 com receita bruta de R$ 1,9 bilhão e crescimento de 32,5% no Ebitda

COMPARTILHE:

Imprensa Droga Raia

A Droga Raia, que em dezembro, aos 105 anos de idade, estreou no Novo Mercado da BM&F-Bovespa com uma oferta pública de ações de R$ 654,7 milhões e aumento de capital de R$ 500,3 milhões, fechou o ano de 2010 com R$ 75,8 milhões de Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização). O resultado é 32,5% superior ao obtido em 2009 e representa uma margem de 4,1% sobre as vendas brutas (0,6 ponto percentual superior à margem de 2009). Por sua vez, a receita bruta da empresa cresceu 16,7% na comparação com o ano anterior, alcançando R$ 1,9 bilhão.

“O ano de 2010 representou um marco na história da Raia”, afirma Eugênio De Zagottis, vice-presidente de Relações com Investidores da Droga Raia. “Não só concluímos com grande sucesso a nossa abertura de capital no Novo Mercado, que nos confere uma estrutura de capital extremamente robusta para dar sequência ao nosso plano de expansão, como também tivemos uma excelente evolução na rentabilidade e na geração de caixa”, acrescenta o executivo. No total, a empresa investiu R$ 84,8 milhões em 2010, grande parte dos quais foram financiados pelo fluxo de caixa gerado durante o ano, que alcançou R$ 75 milhões.

A Droga Raia encerrou 2010 com 350 unidades em operação, o que representa um incremento de 17% em sua base de lojas em relação a 2009. No período de 2007 a 2010, a rede abriu mais de 200 lojas.

O lucro líquido alcançou R$ 1,7 milhão em 2010. Segundo De Zagottis, o lucro líquido da empresa nos últimos anos vem sendo impactado pela pressão de despesas financeiras e de depreciação decorrentes do forte ritmo de crescimento da companhia. Isso porque o potencial de vendas e resultados das lojas só se realiza depois de três anos de operação e, atualmente, 44% das unidades ainda se encontram em estágio de maturação.

Somente no ano passado foram inauguradas 53 novas lojas, 24 dos quais no último trimestre, e apenas duas lojas foram fechadas. No Estado do Paraná, onde a Raia só estava presente em Curitiba, por exemplo, foram abertas 14 unidades em nove cidades. Esse acelerado processo de crescimento conduziu a empresa à posição de segunda maior rede de farmácias do Brasil em número de lojas, segundo o ranking da Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias). O guidance de abertura bruta da companhia (sem considerar eventuais fechamentos) é de 60 novas unidades em 2011 e de 90 em 2012.

O centro de distribuição inaugurado na grande Curitiba, que abastecerá as lojas no sul do País, soma-se a outros investimentos realizados pela Droga Raia no ano passado, entre os quais está também a inauguração de um novo centro de treinamento em São Paulo. “Trata-se de uma iniciativa fundamental para a formação de nossos colaboradores e para garantir que tenhamos pessoas qualificadas e impregnadas da cultura Raia para ocupar as vagas a serem abertas em nosso processo de expansão”, explica De Zagottis. Atualmente, a empresa conta com 6 mil colaboradores.

Além dos investimentos na expansão de suas operações, a Droga Raia também mobilizou recursos para promover a saúde e o bem-estar nas comunidades onde atua, por meio de campanhas educativas e assistenciais. Para a ampliação do hospital do Grupo de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer (GRAACC), por exemplo, foram destinados R$ 1,8 milhão, arrecadados com a venda da revista Sorria.

Outro destaque da Droga Raia em 2010 foi o crescimento do market share de 3,8% para 4,1% em âmbito nacional, aumentando também em cada um dos cinco Estados onde a empresa atua (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul), os quais representam 66,6% do mercado farmacêutico brasileiro. Entre os fatores dessa expansão, está o significativo crescimento (de 21,3%) nas vendas de produtos de higiene e beleza, que responderam por 28,9% da receita bruta do ano (30,8%, quando considerado somente o quarto trimestre) e tiveram sua participação no mix total de vendas aumentada em 2,3 pontos percentuais desde 2008.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×