Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 4 de agosto de 2010.

Drogal inaugura mais uma unidade em Piracicaba

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

A Drogal, uma das mais tradicionais redes de drogarias do interior de São Paulo, inaugurou mais uma filial em Piracicaba. A terceira unidade aberta na cidade em 2009 faz parte de um amplo projeto de expansão da rede, que contemplou também os municípios de Leme, Porto Ferreira, São José do Rio Pardo, Pirassununga, Americana, Sumaré, Nova Odessa, Santa Bárbara d’ Oeste, São Pedro e Rio das Pedras.

Com aproximadamente 72 metros quadrados, a nova unidade fica no Verano Mall, complexo de lojas na avenida Armando de Salles Oliveira. Conforme explicou o diretor-administrativo da rede Drogal, Marcelo Cançado, este é um ponto estratégico da cidade: "É uma filial localizada em uma região com poucas farmácias, em avenida central e de fácil acesso". Em 2009, foram inauguradas unidades nos bairros Vila Sônia e Parque 1º de maio, totalizando 18 farmácias em Piracicaba.

Cançado reforça que profissionais capacitados responderão pelo atendimento dos clientes, orientados por farmacêuticos, em tempo integral. "A tradição da rede Drogal aliada aos aspectos de modernidade da nova loja proporcionarão atendimento completo e abrangente. O objetivo, com certeza, é a plena satisfação dos nossos clientes".

A loja oferecerá linha completa de medicamentos, perfumarias e dermocosméticos. Climatizada e com estacionamento próprio, funcionará de de segunda a sábado, das 8 às 22 horas. "Estamos felizes com a abertura de mais uma unidade. Foi um ano de muito trabalho, no qual atingimos a marca de 56 lojas, distribuídas em 24 cidades", comemora Marcelo Cançado.

Uma das novidades que prometem chamar a atenção e está estreando nas novas filiais da Rede Drogal são as embalagens (sacolinhas) plásticas oxibiodegradáveis, que não poluem o meio ambiente porque, após 18 meses, iniciam processo de decomposição. O plástico oxibiodegradável se decompõe no meio ambiente, enquanto que o tradicional, usado nas sacolas plásticas tradicionais pode demorar de 40 a 50 anos. Além disso, do processo de degradação dessa sacola, restam apenas água, pequena quantidade de dióxido de carbono e biomassa.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.