Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 20 de abril de 2011.

Eli Lilly enfrenta concorrência de genéricos e lucro cai 15%

COMPARTILHE:

Abrafarma

A farmacêutica Eli Lilly fechou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de US$ 1,06 bilhão, valor 15% inferior ao do mesmo período do ano passado. O ganho por ação caiu 16%, de US$ 1,13 para US$ 0,95.

A queda nos lucros foi justificada pela companhia por custos com reestruturação, pesquisa e desenvolvimento. A empresa persegue metas para reduzir despesas e ter pelo menos dez novos medicamentos em etapa avançada de desenvolvimento até o fim do ano.

No primeiro trimestre, houve queda de 46% na receita com vendas do medicamento Gemzar, devido à concorrência com genéricos. Ainda assim, a Eli Lilly reportou aumento de 6% na receita, em comparação ao primeiro trimestre do ano passado, para US$ 5,84 bilhões.

O aumento na receita foi possibilitado por um crescimento dos mercados internacionais, pelas vendas dos medicamentos Cymbalta e Alimta, além do desempenho positivo do negócio de saúde animal, segundo a companhia.

A variação na receita permitiu à farmacêutica, de acordo com o presidente John Lechleiter, “fazer os investimentos necessários em pesquisa e desenvolvimento para enfrentar o desafio de patentes programadas para expirar”.
Entre as preocupações da Eli Lilly está o líder de vendas, Zyprexa, que perderá a proteção da patente em outubro deste ano. Somente no primeiro trimestre, as vendas do antipsicótico somaram US$ 1,28 bilhões.(Luciana Seabra | Valor)


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.