Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 20 de julho de 2015.

Em dois anos, a produção de biossimilares poderá ser feita no Brasil

COMPARTILHE:

O Brasil é sede de estudos com drogas biossimilares e está em São Paulo um dos principais centros de referência para avaliação desses medicamentos: a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). Recentemente, a agência que regula os medicamentos nos Estados Unidos, o FDA, e a Agência Europeia de Medicamentos aprovaram o primeiro medicamento biossimilar.

Estima-se que, em dois anos, a produção desses biossimilares já possa ser realizada no Brasil, por meio de um modelo de parceria no qual o desenvolvimento do produto será feito a partir da transferência de tecnologia entre o fabricante do medicamento original e as indústrias farmacêuticas nacionais.

Isso permitirá não só a redução de custos, mas também o desenvolvimento da indústria farmacêutica brasileira a partir de um processo de altíssima complexidade. E, principalmente, a possibilidade de ampliar o acesso a esses medicamentos tão inovadores, que promovem benefícios e qualidade de vida aos seus pacientes.

Fonte: Folha de S. Paulo



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.