fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de maio de 2017.

Entidade percorre 17 municípios

COMPARTILHE:

Revista da Farmácia – ed. 198:

capa circuito

A Ascoferj é uma entidade que possui mais de 1,8 mil farmácias e drogarias associadas. A sua abrangência vai além da região Metropolitana, alcançando todo o Estado do Rio de Janeiro. Por isso, mantém promotores regionais para atender aos associados que não podem se deslocar com facilidade até a capital. E foi pensando em ampliar a aproximação da sede com as farmácias do interior que a entidade já realizou dois circuitos até o fechamento desta edição, percorrendo, ao todo, 18 municípios. Os principais objetivos foram levar informação atualizada sobre o setor, divulgar os serviços e benefícios que a entidade oferece aos associados e entender as demandas regionais.

Nos dois primeiros circuitos do ano, participaram da imersão o presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins, o coordenador de Atendimento Regional, Jorge Caspary, a farmacêutica e especialista em Assuntos Regulatórios, Betânia Alhan, e a promotora da região Serrana, Aline Pinho.

Durante os dias 29, 30 e 31 de março, a Ascoferj passou por Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo, Bom Jardim, Duas Barras, Cordeiro, Cantagalo, Itaocara, Itaperuna e Campos dos Goytacazes.

 

Melhor atendimento do comércio

No dia 29, a primeira parada foi na Estação Saúde Farmácia, no Centro de Nova Friburgo. O gestor Marcos Penin apresentou as estruturas do estabelecimento e parte da equipe, recebendo a Ascoferj em uma das salas da farmácia para um bate-papo descontraído e agradável, com direito a suco, café e pão de queijo.

estacao saude
Marins e o gestor da Estação Saúde Farmácia, Marcos Penin

Penin, muito satisfeito, falou sobre os certificados que a Estação Saúde ganhou em 2013, 2015, 2016 e 2017, concedendo à empresa, por quatro vezes seguidas, o título de Melhor Atendimento do Comércio Geral de Nova Friburgo. “Ficamos felizes com os anos consecutivos de premiação. Isso quer dizer que nosso trabalho, dedicado a entregar bem-estar, conforto e satisfação aos clientes, está dando certo”, ressaltou.

A Estação Saúde tem como diferencial a contratação de profissionais cadeirantes. Atualmente, há dois na empresa: um é farmacêutico e o outro atua como auxiliar administrativo. A farmácia está atenta à questão da acessibilidade, com elevador, banheiro adaptado, fraldário, tapete antiderrapante e boa iluminação. Além disso, disponibiliza serviços de atenção farmacêutica, entre eles, aferição de pressão e teste da glicemia.

A última parada do dia, em Nova Friburgo, foi na Universidade Estácio de Sá. Quem recebeu a equipe foi a coordenadora do curso de Farmácia, Halyka Seródio. O encontro resultou em mais uma parceria: a Ascoferj vai levar aos alunos da instituição o curso de Aplicação de Injetáveis. “Nossos estudantes sentem falta desse tipo de treinamento aqui em Nova Friburgo e essa visita foi mais do que bem-vinda, porque nos ajudará a capacitar ainda mais os futuros profissionais de Farmácia”, avaliou Halyka.

 

Duas Barras e Drogaria Cecile

cecile
Fachada da Drogaria Cecile, em Duas Barras, na Região Serrana

Ainda na Região Serrana, a Ascoferj passou por Duas Barras, município que possui uma população de mais de dez mil habitantes e um centro histórico preservado, com construções coloniais e fazendas históricas. Curiosamente, algumas personalidades têm história em Duas Barras. O cantor Martinho da Vila fundou, no local, o Instituto Cultural Martinho da Vila (ICMV), uma escola de artes, e o cantor americano Lenny Kravitz adquiriu uma fazenda no município. duas barras - cecile

Quem também está fazendo história em Duas Barras é o proprietário da Drogaria Cecile, Paulo César de Barros. A Ascoferj aproveitou o circuito para visitá-lo e conhecer pessoalmente a história de sucesso do empresário, que iniciou a carreira no varejo farmacêutico quando tinha apenas 13 anos, auxiliando o atendimento no balcão. Anos depois, concluiu o curso de Farmácia e hoje é proprietário da famosa drogaria no município. Seu objetivo, no momento, tem sido a expansão dos negócios. “A partir do momento em que a entidade vem até a minha loja, fica clara a preocupação dela com a farmácia independente, localizada no interior. Precisamos de informação sobre o setor e a Ascoferj está desempenhando bem esse papel, estando sempre de portas abertas para nos atender e tirar nossas dúvidas”, disse Paulo.

O circuito se estendeu à RCA Sistemas, em Itaocara. O gerente Comercial, Lúcio Batista Cardoso, levou a equipe para uma visita às instalações. A empresa comercializa softwares de gestão para farmácias e drogarias. Segundo o gerente, a percepção que se tem das farmácias do interior é que os profissionais estão carentes de cursos de capacitação, pois a oferta é menor do que na capital. “A Associação presta um excelente serviço aos associados, mas pode fazer mais ainda pelas lojas que estão distantes da Região Metropolitana, pois os proprietários, muitas vezes, desconhecem os serviços e benefícios aos quais têm direito”, pontuou Cardoso.

 

Carência de capacitação

Na companhia do gerente da RCA, a equipe da Ascoferj percorreu alguns estabelecimentos de Itaocara, como as drogarias Descontão e Quatro Esquinas, onde a recepção foi feita pelo proprietário Jardel Couto da Silva. Durante a visita, a drogaria Quatro Esquinas aproveitou para se tornar associada.

Para Jardel, receber a entidade foi motivo de alegria e comemoração. Isso porque a drogaria está distante da capital. “Aproveito esse momento para pedir a realização de treinamentos e cursos, em Itaocara, voltados para o canal farma. Por exemplo, o curso de Aplicação de Injetáveis. Sentimos necessidade dessa qualificação para nossos profissionais”, destacou.

A Drogaria Quatro Esquinas também realiza serviços farmacêuticos. O farmacêutico Octávio da Silva Malhano explica que, atualmente, a população tem procurado mais pelo profissional dentro da farmácia e, por isso, a importância de ele estar cada vez mais qualificado para um atendimento eficaz e seguro. “Eu presto atenção farmacêutica nas drogarias Quatro Esquinas e Nova Farma, em Cambuci. Nesse projeto, faço o acompanhamento de pacientes hipertensos e diabéticos, pois é o grupo que mais vai à drogaria em busca desse tipo de atendimento”, contou.

Depois de três dias percorrendo nove municípios, a Ascoferj fez sua última parada na Farmácia Dr. Popular, em Campos dos Goytacazes. Danilo Teixeira, proprietário, contou que pretende expandir o negócio. “Estou abrindo a terceira farmácia no Centro de Campos dos Goytacazes e a intenção é que, em breve, ela esteja presente em outros municípios”, adiantou Danilo.

Danilo Teixeira, proprietário da Farmácia Dr. Popular, ao lado do presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins
Danilo Teixeira, proprietário da Farmácia Dr. Popular, ao lado do presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins

 

Tour pela Região dos Lagos

Nos dias 18 e 19 de abril, a Ascoferj visitou farmácias e drogarias da Região dos Lagos: Macaé, Rio das Ostras, Armação de Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Araruama e Rio Bonito. “Queremos que os associados nos conheçam de maneira efetiva para que possam usufruir os benefícios que a entidade desenvolve em prol deles, que são vários”, comentou o presidente da entidade, Luis Carlos Marins.

A farmacêutica e proprietária da Drogaria Lagos Farma, em São Pedro da Aldeia, Viviane Machado, que recebeu a visita da equipe, disse que, na medida em que o setor farmacêutico se expande, a

Marins e a empresária Viviane Machado, da Lagos Farma, em São Pedro da Aldeia
Marins e a empresária Viviane Machado, da Lagos Farma, em São Pedro da Aldeia

complexidade da estrutura exige que os varejistas reconheçam o trabalho da Ascoferj. “Minha experiência é na área hospitalar, com atuação recente no varejo. Essa é uma das razões que me motivam a buscar o apoio da Ascoferj tanto para minha carreira quanto para minha farmácia. Não conseguimos caminhar sozinhos, sendo importante manter contato com quem tem muito a nos acrescentar”, avaliou Viviane, que iniciou uma pós-graduação, este ano, em Prescrição Farmacêutica e abriu sua segunda loja em São Pedro da Aldeia.

Em Cabo Frio, uma das visitas foi na Forte Farma, localizada no bairro Palmeiras, e quem recebeu a equipe da Ascoferj foi o proprietário Denilson Lima da Silva, que completou 35 anos no ramo em 19 de abril.

Marins e o empresário Denilson Lima da Silva, da Forte Farma, em Cabo Frio
Marins e o empresário Denilson Lima da Silva, da Forte Farma, em Cabo Frio

“Receber a liderança da Ascoferj é muito positivo e nos dá segurança para continuar caminhando, mesmo diante de algumas dificuldades. Sabemos que a Ascoferj nos entende e está apta a nos ajudar”, disse.

Nosso presidente ao lado do diretor da Drogarias Unilagos, de Araruama, Roxon Figueiredo
Nosso presidente ao lado do diretor da Drogarias Unilagos, de Araruama, Roxon Figueiredo

Em Araruama, o diretor presidente das Drogarias Unilagos, Roxon Figueiredo, apontou que a maior demanda das farmácias locais é a capacitação profissional voltada para a área de Vendas, mas que ainda existe uma resistência por parte dos proprietários em disponibilizar os profissionais para cursos e treinamentos. “Isso ainda é uma dificuldade que precisa ser superada. Afinal, todos necessitam de qualificação para que possam fazer o melhor em suas atividades, desenvolvendo um bom trabalho e entregando bons resultados”, frisou.

 

Panorama regulatório

A farmacêutica e especialista em Assuntos Regulatórios, Betânia Alhan, acompanhou as visitas e se inteirou da atuação da Vigilância Sanitária. Nos municípios da Região Serrana, as Vigilâncias têm atuado de maneira efetiva, o que auxilia na diminuição dos riscos sanitários por parte das lojas, viabilizando assim a emissão das licenças sanitárias.

“Como são municípios pequenos, é possível um trabalho constante da vigilância local. Além disso, o atendimento deles, tanto por parte dos fiscais quanto de atendentes, é educativo e eles são receptivos a quem precisa de orientação”, destacou Betânia.

Na Região dos Lagos, alguns municípios estão enfrentando problemas sanitários devido à ineficiência dos órgãos fiscalizadores, o que exige um trabalho ainda mais eficaz da entidade para que as farmácias não sejam prejudicadas. “É fundamental conhecer quais são esses municípios e suas necessidades para que os Departamentos de Regularização e Jurídico da Ascoferj atuem sempre que necessário”, sinalizou Marins.

Segundo Betânia, os órgãos municipais de vigilância sanitária da região dos Lagos ainda sofrem com a falta de recursos humanos e de planejamento. “Isso gera dificuldades para os proprietários, que, apesar de estarem em dia com seus impostos, ainda estão sem licença sanitária. O circuito foi positivo porque conseguimos orientá-los sobre os benefícios que eles podem acionar no Departamento de Regularização e sobre como solicitar e receber a visita da fiscalização sanitária”, completou Betânia.

 

Circuito vai continuar

Para o coordenador de Atendimento Regional, Jorge Caspary, que conhece as demandas das farmácias localizadas fora da Região Metropolitana, o circuito foi proveitoso porque possibilitou um bate-papo descontraído dos proprietários com o presidente da Ascoferj e com a farmacêutica.

“O trabalho feito pelas promotoras nessas lojas é de grande valia para que elas conheçam o que a entidade oferece, mas proporcionar um encontro pessoal resulta em mais credibilidade e eficiência para a Ascoferj, mostrando que ela também está preocupada com as farmácias do interior”, avalia Caspary.

De acordo com Marins, presidente da Ascoferj, a entidade continuará investindo nos circuitos. “Estamos aumentando o quadro de promotores para que, juntos, possamos fortificar o nosso trabalho e atender às demandas relatadas pelos estabelecimentos visitados”, finaliza Marins.

Comunicação Ascoferj

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×