Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 6 de abril de 2016.

Especialista explica como profissionais podem driblar a crise e alavancar a carreira

COMPARTILHE:

1417329_18704808A crise econômica está preocupando toda a população e a consequência disso é o número de demissões, que aumenta cada vez mais. Já são mais de 9,5 milhões de desempregados no Brasil e ainda não há previsão  de mudança no cenário.

De olho nessa situação, os profissionais que trabalham com vendas no varejo farmacêutico devem aproveitar as chances para fazer do risco uma oportunidade, mas, para isso, é fundamental ter cautela e buscar estratégias para driblar os efeitos da crise. E, nesse momento, a criatividade, o jogo de cintura e o otimismo são mais que bem-vindos.

O master coach Senior e Presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), José Roberto Marques, acredita que o período é um convite para ousar e fazer diferente. “Quem se adapta às mudanças consegue melhores resultados. E a crise é sempre um desafio. O momento é oportuno para investir no próprio desenvolvimento de maneira contínua”, afirma.

Confira 11 dicas do coach para quem trabalha no varejo farmacêutico obter excelentes resultados no trabalho:

1 – Esteja disponível para atender ao cliente: sorriso no rosto e olho no olho são dicas essenciais.

2 – Entenda a necessidade do cliente: faça perguntas, compreenda o que ele deseja e tenha sensibilidade para ajudá-lo a encontrar a melhor solução de acordo com suas condições, já que, na crise, todos querem economizar.

3 – Visão sistêmica: entenda o processo de funcionamento da farmácia como um todo, assim como a função dos colegas e todos os processos que envolvem o funcionamento da empresa.

4 – Seja proativo: esteja sempre atento aos clientes que circulam pela loja e aos colegas, eles podem precisar de ajuda. Nesses casos, seja prestativo.

5 – Conheça os produtos: saiba quais os produtos a farmácia tem nas prateleiras e para o que eles servem.

6 – Observe: dê sugestões de melhorias na loja, sejam ligadas à exposição de produtos ou promoções.

7 – Engaje-se: pergunte se o cliente precisa de mais algum produto. Dê sugestões, como sabonetes, tinturas para cabelo, protetor solar, algodão. Nessa hora, o consumidor pode se lembrar de algo que precisa.

8 – Disponha-se: coloque-se à disposição para uma posterior necessidade do cliente.

9 – Dedique-se: busque conhecimento, informações, converse com o farmacêutico e demonstre interesse em aprender sempre mais.

10 – Trabalhe com metas: estipule uma meta mensal e trace um objetivo. Depois fracione as metas entre as semanas e dias que você trabalhará. Estipulando metas menores é possível trabalhar de maneira mais tranquila, pois cria uma percepção de algo alcançável.

11 – Tenha propósitos: saiba aonde quer chegar, mesmo que o futuro não seja nesse ramo. Tenha comprometimento com sua função e com o propósito de vida.

           

Fonte: José Roberto Marques, master Coach Senior e Presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.