Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 13 de outubro de 2009.

Estado deixa de fornecer remédios para asmáticos

COMPARTILHE:

O Dia (RJ)

Pacientes que sofrem de asma e dependem dos remédios fornecidos pelo Estado terão que esperar no mínimo duas semanas para ter acesso ao tratamento. A Secretaria Estadual de Saúde admite que o Formoterol e a Budesonida estão em falta, mas afirma que o processo de licitação para compra já foi realizado.

Há dois meses sem conseguir remédios no Iaserj, o operador de telemarketing Aroldo Pereira Guerra, 41 anos, já desembolsou mais de R$ 200 para não ficar sem tratamento. Ele conta que depende dos inaladores desde 2007 e já ficou sem medicamento por um ano.
Meu caso de asma é grave. Se eu ficar sem remédio posso morrer. Mas como vou me tratar se o governo não me dá medicamentos? Não aguento mais passar por isso, reclama.

O superintendente de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos, Flávio Afonso Badaró, informou que os medicamentos Formoterol e Budesonida são distribuídos em duas apresentações, sendo que apenas uma delas (a de Formoterol 12 mcg e Budesonida 400 mcg) está em falta. Segundo ele, o remédio acabou há menos de um mês.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.