fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 22 de maio de 2009.

Estudos com o nebivolol comprovam sua alta capacidade de vasodilatação

COMPARTILHE:

Snif Brasil

O mais recente relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. Estima-se que cerca de 30% da população brasileira sofra de hipertensão arterial, e que 95% dos casos ocorram devido a fatores genéticos, sobrepeso, fumo, estresse e a outros aspectos relacionados à qualidade de vida das pessoas.

Recentemente, a Biolab apresentou ao mercado brasileiro o Nebilet (nebivolol), medicamento de última geração para o tratamento da hipertensão arterial, que apresenta um duplo mecanismo de ação: beta bloqueador altamente seletivo para receptores β1 e vasodilatador mediado pela ação do óxido nítrico. A descoberta da ação do óxido nítrico (NO) no sistema cardiovascular e seus benefícios levou os pesquisadores Robert F. Furchgott, Louis J. Ignarro, Ferid Murad ao Prêmio Nobel de Medicina em 1998.

Estudos realizados pelo Prof. Dr. Oswaldo Kohlmann Jr.sobre a ação de nebivolol mostram que o medicamento tem alta capacidade de vasodilatação, diferenciando-se dos demais betabloqueadores do mercado. “Essa nova droga tem um perfil metabólico muito bom, adequado ao paciente hipertenso. Com a administração desse produto é possível reduzir os efeitos negativos observados em outros tipos de anti-hipertensivos, como a disfunção erétil e o aumento da resistência à insulina, que leva a um agravamento do diabetes”, explica.

Fortalecendo esta tese, pesquisas realizadas na Europa apontam que apenas 34% dos homens que utilizavam anti-hipertensivos não se queixavam de problemas de ereção. Após trocarem os tratamentos antigos por nebivolol, esse número aumentou para 59%. Já o número de pacientes com disfunção erétil grave diminuiu de 18%, com tratamento feito com outros medicamentos, para 5 %, com nebivolol.

Segundo a Dra. Andréia Loures Vale, Presidente da Sociedade Mineira de Cardiologia, a medicina precisava de um betabloqueador diferenciado. “Essa nova droga será muito importante para o tratamento da hipertensão, com a diminuição dos eventos adversos observados com o uso de outros medicamentos”, complementa.
Esse duplo mecanismo de ação – betabloqueador e vasodilatador – regulariza a pressão arterial, aumenta a capacidade de exercícios, não influencia no metabolismo lipídico e glicêmico com a vantagem de ser administrado uma vez ao dia, levando a melhor aderência ao tratamento.

No início do mês, o tratamento inovador para hipertensão foi um dos assuntos discutidos durante o XXX Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Com o tema Hipertensão Arterial: Alvo Prioritário na Redução do Risco Cardiovascular, a Biolab expôs o Nebilet (nebivolol), fármaco que é o único beta bloqueador que não interfere no metabolismo lipídico, glicêmico e na função sexual.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×